2003-10-05

Subject: Erupção vulcânica ficou registada no DNA de tartarugas

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do Boletim Informativo Born to be Wild, para que não esqueça o seu lado selvagem ...

 

Em destaque:

Tartarugas registaram erupção vulcânica no DNA

 

  Questões ou comentários para: borntobewild@clix.pt

Dê o site Born to be Wild a conhecer a um amigo!!

 

As tartarugas das encostas do vulcão Alcedo nas Galápagos revelam a assinatura de um antiga erupção no seu DNA, revelaram estudos recentes. Os animais mostram uma baixa variabilidade genética, quando comparadas com outras populações do arquipélago, o que sugere uma redução dramática do seu efectivo no passado. Segundo o estudo agora revelado, este acontecimento de quase extinção terá ocorrido há 100000 anos, a altura em que o Alcedo explodiu. 

O passado conturbado das tartarugas Geochelone nigra vandenburghi está relatado na revista Science por Luciano Beheregaray, da Universidade de Yale, como parte do seu estudo sobre variabilidade nas Galápagos. 

Esta população seria, tanto quanto seria de esperar, a de maior variabilidade pois é a maior (cerca de 5000 pelas contagens mais recentes) da ilha. No entanto, existe até 5 vezes menos variabilidade aqui que noutros grupos.

O estudo do DNA nuclear permitiu relacionar esta situação com a perda de efectivo no passado e o estudo do DNA mitocondrial indicou a data em que tal aconteceu. Este facto deriva da alteração muito regular do DNA mitocondrial ao longo do tempo, permitindo estabelecer um padrão e um tempo para que decorra. 

Os geólogos dizem que a violenta erupção do Alcedo de há 100000 anos terá depositado 3,5 Km3 de rocha e cinza nas suas encostas, devastando completamente a vida da zona. Assim, as tartarugas devem ter sido reduzidas a não mais que uma mão cheia de animais ou mesmo a uma única fêmea, que terá recolonizado a área, senão o efeito "gargalo" já teria sido diluído. 

 

 

 

Outras Notícias: 

Crise ambiental no vulcão alcedo

 

A maior população de tartarugas gigantes das Galápagos está seriamente ameaçada por uma invasão de cabras vinda do sul da ilha Isabela para as encostas do vulcão Alcedo. 

As cabras causam grandes danos à vegetação da zona, aumentando a erosão, pelo que esforços estão a ser feitos para reduzir o seu número, e, eventualmente, eliminá-las da zona.

  Saber mais:   

Restaurar a dinastia das tartarugas gigantes

 

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo?? 

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja receber o boletim Born to be Wild clique aqui!!

Respeitar os animais é respeitarmo-nos a nós próprios!

@ Born to be Wild, 2003


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com