2006-06-10

Subject: Descoberta nova espécie de tubarão-martelo

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the Wild

Este boletim é mantido por simbiotica.org, uma rede simbiótica de Biologia e Conservação da Natureza

mantenha-se informado das últimas novidades e troque ideias com todos os que fazem parte desta rede!

 

Em destaque:

Descoberta nova espécie de tubarão-martelo

 

  Questões ou comentários para: webmaster@simbiotica.org

Dê a rede simbiotica.org a conhecer a um amigo!!

Uma nova espécie de tubarão-martelo foi descoberta no noroeste do Atlântico, revelam os biólogos marinhos. O tubarão assemelha-se a uma espécie vulgar de tubarão-martelo mas ainda não foi classificada ou baptizada.

Os investigadores americanos responsáveis pela descoberta dizem que o animal parece ser raro, procriando apenas em águas ao largo da costa da Carolina do Sul. Acreditam que o tubarão está em risco de extinção e que esforços de conservação são necessários para proteger as fêmeas enquanto criam os juvenis.

O tubarão foi descoberto por um professor de biologia da Universidade da Carolina do Sul, Joe Quattro, que ficou curioso acerca de uma espécie vulgar de tubarão-martelo durante o seu estudo da costa da zona.

Estudos genéticos revelaram que existia uma segunda espécie "críptica", ou seja, uma geneticamente distinta da mais vulgar. O tubarão parece procriar apenas nas águas da Carolina do Sul, apesar de os adultos nadarem desde águas da Florida até à Carolina do Norte.

"Se as águas da Carolina do Sul são o berçário principal para a espécie críptica e as fêmeas se reúnem aqui para se reproduzir, então estas áreas devem ter medidas prioritárias de conservação", diz Quattro. "Planos de gestão são necessários para assegurar que estes tubarões não estão a receber impactos negativos antes de os conhecermos devidamente."

Os cientistas planeiam marcar alguns exemplares desta espécie e seguir os animais como forma de compreenderem melhor os seus movimentos.

Ali Hood, director de conservação do Shark Trust do Reino UNido, refere que com apenas 454 espécies de tubarão registadas na natureza, foi muito entusiasmante descobrir mais uma. 

"Mostra como pequenas zonas de costa podem ser muito significativas para certas espécies e que é crucial considerar a conservação dos tubarões área a área." 

 

Outras Notícias:

Peixes-gato gigantes fora do anzol

Pescadores tailandeses prometeram deixar de capturar o ameaçado peixe-gato gigante Mekong como forma de assinalar o 60º aniversário da ascensão ao trono do seu rei.

Perto de 60 pescadores fizeram a promessa numa cerimónia na cidade de Chiang Khong, num dos muitos eventos que celebram o longo reinado. Os homens estão a receber $500 por cada rede para peixe-gato gigante que entregarem.

O peixe foi colocado na lista das espécies criticamente ameaçadas da World Conservation Union há 3 anos, embora o seu número já estivesse em declínio acentuado desde há uma década.

O peixe-gato gigante Mekong pode crescer até 3 metros de comprimento e pesar até 300 Kg.

"è um forte compromisso por parte destes pescadores", diz o senador Tuenjai Deetes, "todos vão deixar de pescar esta espécie para sempre."

 

 

Saber mais:

World Conservation Union

 

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

@ simbiotica.org, 2006


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com