2006-04-05

Subject: Para que servem os insectos afinal?

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the Wild

Este boletim é mantido por simbiotica.org, uma rede simbiótica de Biologia e Conservação da Natureza

mantenha-se informado das últimas novidades e troque ideias com todos os que fazem parte desta rede!

 

Em destaque:

Para que servem os insectos afinal?

 

  Questões ou comentários para: webmaster@simbiotica.org

Dê a rede simbiotica.org a conhecer a um amigo!!

Da próxima vez que despachar os insectos como apenas bichos rastejantes e nojentos, pense uns minutos sobre o que seria vida sem eles. Os nossos amigos com 6 patas podem ser bem mais valiosos do que pensa, a investigação mais recente estima que eles valem €57 milhões por ano para a economia americana.

A estimativa foi compilada por um par de investigadores conservacionistas que pretendem salientar o valor dos insectos selvagens. Apesar de atribuir um valor económico ao ambiente ser uma tarefa complica e controversa, é algo que os ecologistas têm tentado fazer, como forma de explicar a importância da biodiversidade aos políticos.

Levou ao par mais de dois anos a reconhecer todas as transações económicas que teriam sido impossíveis sem os insectos, desde a agricultura à observação de aves. 

O valor de €57 milhões é uma estimativa conservadora, comenta o co-autor Mace Vaughan da Xerces Society for Invertebrate Conservation de Portland, Oregon. A análise apenas tem em consideração os processos que mantêm registos disponíveis e que podem ser directamente atribuíveis aos insectos selvagens.

Vaughan, juntamente com John Losey da Universidade de Cornell em Ithaca, Nova Iorque, analisou quatro processos: a decomposição do estrume, o controlo das pestes agrícolas, polinização e nutrição da fauna selvagem como as aves.

Excluídos da análise foram serviços por insectos domesticados como as abelhas melíferas. "Se analisarmos todos os serviços, estaremos a olhar para centenas de biliões de euros", diz Vaughan.

Quanto ao valor total dos insectos, Losey considera a resposta clara. "Não preciso de adivinhar o valor total dos serviços ecológicos dos insectos, os ecossistemas e toda a vida que eles suportam, incluindo o Homem, não poderiam funcionar sem esses serviços."

 

De longe, a maior contribuição directa dos insectos provém do seu papel de presas para as aves, caça e pesca, calculam Losey e Vaughan. Dado o valor total para a economia americana das industrias recreativas de caça, pesca e observação de aves, e a proporção de espécies envolvidas que se alimentam de insectos, a economia sofreria prejuízos de perto de €50 biliões por ano.

Os insectos também poupam aos agricultores perto de €4,5 biliões por ano ao devorar pragas de dúzias de culturas diferentes e uns belos €3 biliões ao polinizar muitas frutas e vegetais. O modesto escaravelho do estrume contribui com poupanças na ordem dos €380 milhões ao manter este material afastado das moscas parasitas e poupando milhões em gastos com infecções no gado.

Tudo isto devia fazer as pessoas pensar duas vezes acerca do estatuto de conservação dos insectos, espera Vaughan. Apesar da maioria das espécies selvagens não estar ameaçada, e não poder gerar tais ganhos se estivesse, o número de muitas espécies tem vindo a declinar. Nos passados seis anos, os Estados Unidos perderam cinco espécies de abelhões, importantes polinizadores, diz ele.

Devem ser dados passos para preservar o modo de vida dos insectos, alerta Vaughan. Os agricultores, por exemplo, deviam deixar margens de plantas selvagens nas suas terras, onde os polinizadores e outros insectos possam viver. "Em alguns locais já não resta nada de habitat natural", explica ele.

 

 

Saber mais:

Xerces Society for Invertebrate Conservation

Cornell University Department of Entomology

 

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

@ simbiotica.org, 2006


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com