2003-12-17

Subject: "Carne selvagem" ameaça diversidade

News of the Wild

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the  Wild

Este boletim é mantido pelo site Born to be Wild, para que não esqueça o seu lado selvagem ...

 

Em destaque:

"Carne selvagem" ameaça diversidade

 

  Questões ou comentários para: borntobewild@clix.pt

Dê o site Born to be Wild a conhecer a um amigo!!

 

A taxa a que África está a devorar a sua vida selvagem não pode ser mantida muito mais tempo, considera o ministro do ambiente camaronês, pelo que é fundamental uma acção concertada a nível internacional para controlar o comércio de carne selvagem (bushmeat), que, só da bacia do Congo, produz 5 milhões de toneladas por ano. Este comércio ameaça numerosas espécies protegidas, incluindo elefantes e grandes primatas. 

O ministro Clarkson Oben Tanyi-Mbianyor está na Europa, onde irá fazer parte de uma conferência sobre bushmeat, onde pela primeira vez um líder africano pede este tipo de acção. O objectivo da conferência é assegurar um acordo sobre como controlar o comércio descontrolado de bushmeat, onde a Europa desempenha um papel importante.

Outros oradores incluem o ministro para as terras e florestas do Gana Dominic Fobih, o ministro do desenvolvimento internacional do Reino Unido Gareth Thomas e representantes do comércio de madeira.  

Estes oradores acreditam que o ambiente e seus recursos devem ser conservados, mas não é a população local o maior problema, pois o consumo a este nível não é significativo. No entanto, as redes de comércio que transportam a carne selvagem para as cidades e para fora dos países são uma verdadeira máfia. 

A ajuda internacional deverá incidir no recrutamento e treino de uma força de eco-guardas, bem como fornecendo alternativas às populações para ganhar a vida, mantendo-as fora das florestas. 

Agora que os governos africanos reconhecem que o comércio de carne selvagem é uma prioridade, a comunidade internacional tem que agir imediatamente, fornecendo fundos para um controlo eficaz deste comércio e da pobreza a ele associada. 

 

Estudos recentes revelaram que 150 milhões de pessoas (uma em cada 8 pessoas pobres) depende da vida selvagem como fonte de proteínas e rendimento. 

Alguns zoólogos acreditam que o comércio de carne selvagem é de tal forma importante para muitas populações que seria melhor tentar controlá-lo do que bani-lo totalmente. Consideram que pode ser possível detectar um ponto de ruptura do efectivo populacional de espécies de grande porte quando animais menores começarem a entrar no mercado. Esta situação tende a ocorrer mesmo antes do sinal de alarme ser necessário para parar as capturas. 

 

 

Saber mais:  

The Bushmeat Project

Bushmeat Research Programme

The Bushmeat Campaign

 

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja receber o boletim Born to be Wild clique aqui!!

Respeitar os animais é respeitarmo-nos a nós próprios!

@ Born to be Wild, 2003


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com