2005-12-15

Subject: Sucesso sul-coreano na clonagem era falso?

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the Wild

Este boletim é mantido por simbiotica.org, uma rede simbiótica de Biologia e Conservação da Natureza

mantenha-se informado das últimas novidades e troque ideias com todos os que fazem parte desta rede!

 

Em destaque:

Sucesso sul-coreano na clonagem era falso?

 

  Questões ou comentários para: webmaster@simbiotica.org

Dê a rede simbiotica.org a conhecer a um amigo!!

Professor Hwang Woo-sukUm dos pioneiros sul-coreanos da clonagem terá, alegadamente, admitido que alguns dos resultados do seu trabalho inovador em embriões humanos terão sido "fabricados". 

A confissão de Hwang Woo-suk foi citada por um dos seus colegas, que referiu que ele teria falsificado os resultados de pelo menos 9 das 11 colónias de células estaminais com que trabalhava.

O trabalho de Hwang tem sido considerado como verdadeiramente pioneiro, abrindo as portas da cura de muitas doenças degenerativas, mas também é facto que esta investigação tem estado sob um escrutínio cada vez mais rigoroso, desde que falhas éticas nos seus métodos foram reveladas no mês passado.

O cientista mais celebrado da Coreia do Sul tem vindo a evitar os meios de comunicação social desde a sua dramática confissão, no mês passado, acerca dos "atalhos éticos" que utilizou no seu trabalho.

O professor tem passado grande parte do tempo no hospital, onde tem estado internado, segundo fontes, devido a stress causado pelas alegações negativas sobre a credibilidade do seu trabalho.

Um colega e amigo próximo referiu agora que Hwang já admitiu ter falsificado pelo menos parte dos resultados que o tornaram um herói nacional e pareceram dar à Coreia do Sul uma liderança clara neste revolucionário campo novo da biologia.

 

O artigo de Hwang, autenticado pela revista científica americana Science, alegava que o cientista tinha produzido 11 linhagens de células estaminais a partir de embriões humanos clonados, uma nova técnica para a obtenção de tecidos em crescimento que corresponderia perfeitamente ao DNA de um doador. Esta técnica poderia vir a produzir a possíveis curas para doenças como a diabetes ou o Parkinson.

Mas agora Hwang é citado admitindo que 9 das 11 linhagens de células estaminais foram fabricadas e um médico, que foi co-autor do artigo, considera que a credibilidade das duas restantes linhagens também está em causa.

Um colaborador americano próximo da equipa coreana já está a tentar afastar-se da investigação e as alegações estão a causar um furioso debate nos meios de comunicação sul-coreanos.

Companhias líderes de mercado retiraram imediatamente do ar anúncios na estação de televisão que primeiro revelou os problemas com o trabalho de Hwang e muitos comentadores consideram que terá sido uma atitude pouco patriótica desafiar a credibilidade de alguém que tinha colocado o país na liderança de uma área nova e tão prometedora. 

 

 

Saber mais:

Nature

 

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

@ simbiotica.org, 2005


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com