2005-07-06

Subject: Escudo eléctrico protege banhistas de tubarões

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the Wild

Este boletim é mantido por simbiotica.org, uma rede simbiótica de Biologia e Conservação da Natureza

mantenha-se informado das últimas novidades e troque ideias com todos os que fazem parte desta rede!

 

Em destaque:

Escudo eléctrico protege banhistas de tubarões

 

  Questões ou comentários para: webmaster@simbiotica.org

Dê a rede simbiotica.org a conhecer a um amigo!!

Investigadores na África do Sul e na Austrália começaram a trabalhar num escudo eléctrico como forma de proteger os banhistas de ataques de tubarões.

O escudo emite um sinal eléctrico, considerado desagradável para os tubarões, permitindo mantê-los afastados das praias mais concorridas.

Ebrahim Dhai da Natal Sharks Board da África do Sul, explicou que os escudos eléctricos não causam qualquer dano aos tubarões, apenas os fazem sentir "desconfortáveis". 

Protótipos desta tecnologia foram já usados nos Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000, onde os triatletas que nadaram no porto de Sydney foram assim protegidos. Já foram igualmente usados pelo exército australiano, disse Dhai.

Dispositivos pessoais de defesa para mergulhadores, surfistas e banhistas já estão à venda há 3 anos, continua Dhai, mas agora a equipa de investigadores está a trabalhar para erigir uma cadeia deles, de forma a proteger uma praia inteira. "Esperamos testar o primeiro escudo no espaço de um ano, na África do Sul", diz ele.

Alguns conservacionistas peritos em tubarões na África do Sul estão preocupados com este esquema, pois temem que os dispositivos provoquem danos nos tubarões.

"A África do Sul não tem um problema com os ataques de tubarão, é sempre uma questão de existência de actividades humanas paralelas que conduzem a situações de perigo", comenta Andy Cobb do SharkProject da África do Sul.

 

Mas Dhai considera que uma década de testes "já demonstrou que não há qualquer acção prejudicial sobre os tubarões, seres humanos ou qualquer outra criatura marinha".

Os tubarões são os únicos animais sensíveis aos sinais eléctricos, devido aos pequenos nódulos localizados perto do focinho, conhecidos por ampolas de Lorenzini.

Algumas praias sul-africanas já são protegidas por redes mas tubarões, golfinhos e outras criaturas marinhas ficam frequentemente presos nelas, acabando por morrer afogados.

"A instalação de dispositivos electrónicos, que não causam prejuízo a nenhuma criatura, vai-nos permitir eliminar as redes e salvar muitas centenas de animais", refere Dhai.

O escudo será colocado a cerca de 400 metros da costa e será composto por uma série de emissores eléctricos, cada uma com um raio de acção de cerca de 3 metros. 

 

 

Saber mais:

SharkShield

Natal Shark Board

 

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

@ simbiotica.org, 2005


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com