2005-05-12

Subject: Nascimento na Primavera conduz a menopausa precoce

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the Wild

Este boletim é mantido por simbiotica.org, uma rede simbiótica de Biologia e Conservação da Natureza

mantenha-se informado das últimas novidades e troque ideias com todos os que fazem parte desta rede!

 

Em destaque:

Nascimento na Primavera conduz a menopausa precoce

 

  Questões ou comentários para: webmaster@simbiotica.org

Dê a rede simbiotica.org a conhecer a um amigo!!

A estação em que uma mulher nasce influencia a idade em que ela irá atingir a menopausa, sugere um estudo realizado com mulheres italianas.

O estudo, que analisou perto de 3000 mulheres que já estão na menopausa em três clínicas, revelou que aquelas que nasceram em Março foram as que entraram na menopausa mais cedo, em média com 48,9 anos. No outro extremo da escala, as mulheres nascidas em Outubro permaneceram férteis, em média, até aos 50,3 anos e muitas ultrapassaram os 55.

A diferença pode surgir devido aos bebés da Primavera terem a tendência para nascer com um suprimento menor de óvulos nos ovários, sugere Angelo Cagnacci do Hospital Geral de Modena, que liderou o estudo. Os óvulos podem, por isso, deixar de ser libertados mais cedo na vida, conduzindo à menopausa.

A equipa de Cagnacci interrogou as mulheres sobre a idade em que tinham entrado na menopausa e sobre um conjunto de outros factores que a afectam: a idade em que se tornaram férteis pela primeira vez, se alguma vez fumaram, o nível de educação e tipo de emprego. Após ter em conta estas diferenças, emergiu um claro padrão sazonal, relatam os investigadores na revista Human Reproduction.

Estudos anteriores já tinham mostrado diferenças baseadas na estação de nascimento. Os bebés nascidos no Outono tendem a ser mais pesados, por exemplo, e vivem mais tempo.

No entanto, a causa por trás destas diferenças permanece um mistério. Uma diferença óbvia é que os bebés da Primavera se desenvolvem em grande parte durante o Inverno, enquanto os do Outono passam o Verão no útero. Pode ser que as diferenças de temperatura, duração do dia ou a dieta da mãe influenciem a criança, diz Cagnacci. 

Ainda assim, no mundo actual, onde a maioria das pessoas vive em condições controladas e a maioria dos alimentos está disponível todo o ano, as diferenças sazonais deveriam ser reduzidas.

 

Sejam qual for o mecanismo sazonal, Cagnacci sugere que afecta o número de óvulos que uma jovem mulher transporta ao nascer, o que, por sua vez, determina quando entrará na menopausa.

Há evidências que a mulher pode ser capaz de aumentar o seu fornecimento de óvulos durante a vida mas esta contribuição deve ser mínima para o total de células.

O estudo revela que o mês do nascimento influencia a idade da menopausa, diz Tom Kelsey, que estuda reprodução humana na Universidade de St Andrews no Reino Unido, mas ainda assim está surpreendido.

"É espantoso. Eu diria que o índice de massa corporal da mãe seria a principal variável", diz Kelsey. Ele salienta que pode não haver muita diferença de peso entre as mães das mulheres do estudo, pois todas nasceram por volta do final da Segunda Grande Guerra, quando a nutrição era de modo geral pobre. Se os estudos tivessem sido realizados noutro local, a dieta da mãe poderia desempenhar um papel mais importante, diz ele.

"É perfeitamente possível que este seja um efeito real e geral", admite Kelsey, "mas talvez seja algo do norte de Itália." 

 

 

Saber mais:

Human Reproduction

Poderá a menopausa ser vencida?

Ovários podem produzir novos óvulos ao longo da vida

 

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

@ simbiotica.org, 2005


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com