2005-04-26

Subject: Austrália vai abater milhares de camelos

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the Wild

Este boletim é mantido por simbiotica.org, uma rede simbiótica de Biologia e Conservação da Natureza

mantenha-se informado das últimas novidades e troque ideias com todos os que fazem parte desta rede!

 

Em destaque:

Austrália vai abater milhares de camelos

 

  Questões ou comentários para: webmaster@simbiotica.org

Dê a rede simbiotica.org a conhecer a um amigo!!

Milhares dos camelos selvagem que vagueiam pelo "outback" australiano vão ser caçados e abatidos por atiradores especializados em helicópteros, numa tentativa de proteger as quintas da região.

Um agricultor laça e captura um camelo no "outback" australiano.

Funcionários do governo australiano dizem que a população de camelos do país cresceu para cerca de 700000 animais nos últimos anos, logo o abate é necessário. Já as organizações de defesa dos direitos dos animais consideram esta campanha de abate aéreo cruel e desnecessária.

Os camelos foram introduzidos na Austrália no século XIX para animais de transporte no deserto mas o seu número cresceu grandemente pois não têm predadores locais.

Os camelos apreciam os vastos espaços abertos e a abundância de pastagem que encontram no "outback" australiano, pelo que o seu número tem crescido cerca de 11% por ano. Assim, segundo os funcionários governamentais, o seu número duplica a cada oito anos.

Esses mesmos funcionários estimam que no sul da Austrália existam 60000 camelos pastem próximo de quintas privadas e de poços de água vitais. Segundo eles, os animais estão a desgastar os já de si escassos recursos disponíveis para o gado, principalmente ovino e bovino.

Assim, o governo do estado decidiram que o abate dos camelos era a forma mais eficiente de gerir o número excessivo destes animais. "A forma mais simples, rápida e com melhor razão custo/resultado é proceder a um abate a partir do ar", diz o inspector de terras local Chris Turner.

Os atiradores especializados que voarão em helicópteros poderão localizar e abater os camelos a partir do ar, explica Turner. No entanto, ele não esclareceu quantos camelos se espera abater desta forma.

 

Os activistas dos direitos dos animais australianos já expressaram a sua total oposição a estas propostas.

"Não se consegue matar de forma limpa, matar rapidamente e de forma humana, um animal em movimento a partir de uma plataforma também ela em movimento", diz Hugh Wirth, presidente nacional da Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals (RSPCA). O porta-voz de um outro grupo de defesa dos animais, Animals Australia, descreveu o abate como "um verdadeiro banho de sangue".

O problema australiano com os camelos não é o primeiro caso de infestação por animais invasores ou introduzidos na ilha continente. Os coelhos europeus também já foram uma verdadeira praga no "outback" e os venenosos sapos das canas, trazidos da América do Sul para controlar uma praga de escaravelhos, estão a matar a fauna nativa do norte do país, incluindo cobras e pequenos crocodilos. 

 

 

Saber mais:

South Australia government

Animals Australia

Serpentes australianas adaptam-se a sapo venenoso

Formigas doidas enfrentam a morte

Safaris ao crocodilo na Austrália-

 

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

@ simbiotica.org, 2005


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com