2005-03-10

Subject: Lince Ibérico condenado?

News of the Wild

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the  Wild

Este boletim é mantido pelo site Born to be Wild, em colaboração com o site educativo À Descoberta da Vida,              para que não esqueça o seu lado selvagem ...

 

Em destaque:

Lince Ibérico condenado?

 

  Questões ou comentários para: borntobewild@sapo.pt

Dê os sites Born to be Wild/À Descoberta da Vida a conhecer a um amigo!!

O lince ibérico, que apenas pode ser encontrado em Portugal e Espanha, pode ser o primeiro grande felino a extinguir-se desde o tempo do tigre dente-de-sabre, alerta o mais recente relatório do WWF.

Este animal, criticamente ameaçado, pode extinguir-se no espaço de cinco anos, a não ser que sejam tomadas medidas imediatas, refere o WWF.

O número de linces desceu de cerca de 100000 no início do século XX para menos de 100 actualmente. A construção de barragens, os atropelamentos, a caça e o desaparecimento dos coelhos selvagens foram todos factores que contribuíram para esta situação.

A União Europeia e o governo de Espanha contribuíram activamente para o declínio mais recente do lince ibérico, alega o WWF, construindo uma estrada através de um dos seus últimos habitats.

"É ridículo que a Comissão Europeia esteja a apoiar projectos de protecção do lince ibérico por um lado, enquanto fornece fundos para a construção de estradas e barragens que o estão a levar à extinção por outro", diz Callum Rankine do WWF.

As mortes acidentais causadas por carros a alta velocidade na rede em expansão de estradas espanholas são agora a maior causa de mortalidade do lince ibérico. Apenas há dois anos atrás estimava-se que existissem 160 animais, enquanto há cinco anos atrás existiam 400, pelo que se pode dizer que a espécie está a ter uma queda a pique, diz o WWF.

De acordo com um estudo recente levado a cabo pelo WWF e pela organização conservacionista SOS Lynx, restam apenas 21 a 25 fêmeas reprodutoras em duas populações isoladas no sul de Espanha.

 

O WWF tem instado as autoridades espanholas desde há dois anos para que encerre a estrada Villamanrique - El Rocio, que atravessa o coração do Parque Natural Doñana e os fragmentos críticos do habitat do lince. A estrada foi em parte construída com fundos da União Europeia e nela já morreram vários linces.

"A não ser que aconteça alo drástico rapidamente, o lince é um gato morto embora ainda não o saiba", diz Rankine. "Com uma população tão pequena, a perda acidental de apenas um indivíduo na estrada leva a espécie um passo mais perto da extinção."

O WWF também está a exigir que o habitat do lince ibérico seja abrangido pelo programa Rede Natura 2000 da União Europeia, que lhe forneceria o nível máximo de protecção na Europa.

Actualmente, as áreas propostas por Espanha para o Natura 2000 não abrangem o corredor biológico que poderia ser usado para a comunicação da população reprodutora do Parque Nacional Doñana com a de Sierra Morena. "Estas duas populações são a última esperança para a sobrevivência da espécie", diz Rankine. "A União Europeia tem que levar a conservação das espécies mais a sério." 

 

 

Saber mais:

WWF

SOS lynx

 

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

@ Born to be Wild & À Descoberta da Vida, 2005


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com