2005-01-21

Subject: Noruega vai matar 25% dos seus lobos

News of the Wild

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the  Wild

Este boletim é mantido pelo site Born to be Wild, em colaboração com o site educativo À Descoberta da Vida,             para que não esqueça o seu lado selvagem ...

 

Em destaque:

Noruega vai matar 25% dos seus lobos

 

  Questões ou comentários para: biologia@sapo.pt

Dê os sites Born to be Wild/À Descoberta da Vida a conhecer a um amigo!!

 

O governo norueguês decidiu matar cinco dos seus lobos cinzentos, um quarto da população do país.

O governo considera a decisão necessária para proteger o gado doméstico, mas um grupo conservacionista já condenou o abate.

O WWF-Norway considera que dois lobos já foram abatidos, um deles de uma matilha que não era alvo desta proposta, temendo que esta situação impeça a sua sobrevivência de forma definitiva.

Os lobos são protegidos na Noruega, estando listados como criticamente ameaçados, e o WWF refere que muitos noruegueses são contra o abate dos animais.

A decisão de mandar abater cinco dos vinte lobos que restam na Noruega foi tomada pela directoria da natureza, que aconselha o governo nestes assuntos. Pelo contrário, o WWF-Norway exige o final imediato da caçada. 

O seu chefe de operações, Rasmus Hansson, explica: "Se o ministro norueguês do ambiente não impedir esta caçada, terá a dúbia honra de permitir o abate legal de uma espécie ameaçada a nível nacional. O abate de 20 a 30% de uma população com este tamanho tão reduzido é uma ameaça séria à sobrevivência da espécie na Noruega."

"Esta prática vai contra todas as regras internacionalmente aceites de gestão da fauna selvagem. Nenhum outro país que eu conheça tem uma política desta forma agressiva para com os lobos."

O parlamento norueguês já tinha decidido em Maio de 2004 que o país deveria manter pelo menos três alcateias familiares de lobos cinzentos. 

As matilhas variam em tamanho, desde dois adultos a dez animais pertencentes a várias gerações. O WWF diz que a caçada prevista irá reduzir o número de alcateias para, no máximo, duas. 

Hansson continua: "Um lobo da alcateia a ser abatida foi morto a 15 de Janeiro e outra fêmea, de uma alcateia diferente, a 21 de Janeiro. Não sabemos o tamanho exacto da alcateia alvo, pois não sabemos se nasceram lobitos no Verão passado. Se nasceram lobitos, irão ficar órfãos."

 

"Agora, com toda a certeza, ao matar o animal errado, destruíram outra alcateia. A fêmea morta era uma fêmea alfa, pelo que a procriação pode ser afectada e a alcateia pode dissolver-se."

O WWF estima que restassem entre 50 e 80 lobos cinzentos no sul da Noruega e da Suécia em 2001, formando diversas famílias. Nesse ano, a Noruega aprovou o abate de oito dos seus 25 lobos cinzentos, deixando os actuais vinte, pois o objectivo não foi alcançado na altura.

Um estudo recente da população escandinava de lobos cinzentos concluiu que restam, no máximo, 120 animais em toda a zona. 

Hansson diz: "Existe um risco muito sério de degradação genética desta população, devido ao seu tamanho reduzido. Uma população de lobos geneticamente saudável deveria ter, no mínimo, 800 indivíduos."

"O abate destes lobos tem como objectivo proteger ovelhas, pois a criação de ovinos ocupa cerca de 90% do território norueguês. Se temos entre 250 e 300000 alces e 30000 renas, a perspectiva de 800 lobos não parece demasiado, apesar de nunca o termos sugerido, é apenas um facto biológico."

 

 

Saber mais:

WWF

IUCN-The World Conservation Union

Directorate for nature management

Ministry of the Environment

 

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

Respeitar os animais é respeitarmo-nos a nós próprios!

@ Born to be Wild & À Descoberta da Vida, 2005


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com