2004-12-18

Subject: O fraco rugido dos leões híbridos vai ser calado

News of the Wild

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the  Wild

Este boletim é mantido pelo site Born to be Wild, em colaboração com o site educativo À Descoberta da Vida,             para que não esqueça o seu lado selvagem ...

 

Em destaque:

O fraco rugido dos leões híbridos vai ser calado

 

  Questões ou comentários para: borntobewild@clix.pt

Dê os sites Born to be Wild/À Descoberta da Vida a conhecer a um amigo!!

 

leão do Chhatbir ZooMais de 300 leões híbridos alojados em jardins zoológicos e parques safari em toda a Índia irão ser impedidos de se reproduzir, de forma a que desapareçam ao longo dos próximos anos.

A Autoridade Central dos Jardins Zoológicos (ACJZ) ordenou que todos os estabelecimentos que tenham leões asiáticos que tenham acasalado com leões africanos, os esterilizem para que se extingam.

As autoridades dizem que os leões híbridos enfraqueceram o sangue dos leões indianos e se revelaram fracos, emaciados e afectados por doenças físicas e mentais. 

Reconhecem agora que o programa de procriação, iniciado em finais dos anos 70 do século passado, foi mal sucedido, mas os críticos dizem que os programas de toda a Índia não foram, de forma geral, supervisionados. O resultado foi um aumento dos leões "cocktail", resultado de cruzamentos mistos e geneticamente fracos.

Os animais híbridos apresentam características de ambas as espécies, mas têm fraca imunidade e dados a doenças. Muitos sofrem de tuberculose.

Os peritos dizem que o programa de reprodução cruzada teve início quando os leões asiáticos dos jardins zoológicos indianos foram acasalados com leões africanos de circos. Inicialmente, os jardins zoológicos não eram informados da importância da conservação do património genético, pelo que recorriam ao acasalamento prolífico para que os animais pudessem ser utilizados nas exibições.

O jardim zoológico Chhatbir do estado do Punjab estava na linha da frente do programa produzindo perto de 100 felinos, muitos dos quais adoeceram e morreram. "O programa de acasalamento entre leões asiáticos e africanos em zoos, e o subsequente cruzamento entre os híbridos desde meados dos anos 80, enfraqueceu a linha de sangue e devastou o fundo genético", diz o directo do Chhatbir Zoo Kuldip Kumar. 

O outrora saudável grupo de leões do zoo é agora pouco mais que miscelânea de animais propensos a doenças e que mal se conseguem manter de pé. De acordo com os funcionários do zoo, perto de 45 leões morreram nos últimos três anos. "Perdemos 13 crias de uma assentada", lembra o guarda do zoo Neeraj Gupta.

Quase todas as mortes ocorreram devido aos animais sofrerem de graves problemas imunitários, que retarda ou impede a recuperação quando os animais adoecem ou se ferem.

 

Actualmente, o zoo Chhatbir apenas tem 30 leões, quase todos híbridos e sofrendo de problemas causados pelos endocruzamentos. Enquanto os guardas do zoo fazem o que podem para tratar os animais e os manter tão confortáveis quanto possível, não há muito que possam fazer pelos que nascem paralisados ou pelos que têm feridas abertas que nunca cicatrizam. 

As leis indianas e a tradição local proíbem a morte dos animais, pelo que os leões doentes serão deixados para morrer por si próprios, em vez de serem abatidos. "Esta não é apenas uma história triste acerca de um programa de cruzamento inter-espécies falhado mas também uma questão de bem-estar animal", diz Belinda Wright, directora executiva da Wildlife Protection Society da Índia.

"Muitos deles estão terrivelmente doentes, incluindo os mais novos. Apesar de serem mantidos em condições razoáveis, quase sempre em áreas abertas, muitos deles foram criados em cativeiro e as instalações sobrelotadas tornaram-nos ainda mais susceptíveis a doenças."

Os funcionários de defesa da fauna selvagem dizem que há agora planos para substituir a população cativa de leões por leões de linhagem asiática pura, possivelmente através de novos programas de reprodução que utilizem animais do santuário de vida selvagem de Gir, no estado de Gujarat.

Para atingir este objectivo na próxima década, todos os leões macho foram esterilizados para impedir a formação de novos híbridos. Entretanto, os antes impressionantes rugidos dos leões de Chhatbir, como noutros zoos indianos, estão reduzidos a gemidos. 

 

 

Saber mais:

Indian Central Zoo Authority

Wildlife Protection Society of India

 

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

Respeitar os animais é respeitarmo-nos a nós próprios!

@ Born to be Wild & À Descoberta da Vida, 2004


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com