2004-11-23

Subject: "Lista Vermelha" alerta para situação de espécies de água doce

News of the Wild

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the  Wild

Este boletim é mantido pelo site Born to be Wild, em colaboração com o site educativo À Descoberta da Vida, para que não esqueça o seu lado selvagem ...

 

Em destaque:

"Lista Vermelha" alerta para situação de espécies de água doce

 

  Questões ou comentários para: borntobewild@clix.pt

Dê os sites Born to be Wild/À Descoberta da Vida a conhecer a um amigo!!

 

Perto de metade das espécies de tartaruga do planeta estão com sérios problemas, revela o mais recente relatório da Lista Vermelha da World Conservation Union. O grupo, que utilizou dados de mais e 8000 cientistas para compilar o relatório, acrescentou mais de 3000 animais à sua lsita anual de espécies ameaçadas de extinção, cujo número total ultrapassou pela primeira vez os 15000.

O relatório baseia-se numa avaliação de aproximadamente 3% das mais de 1,9 milhões de espécies descritas em todo o mundo. Apesar do número de espécies ameaçadas ter subido em todos os grupos, os investigadores consideram as espécies de água doce especialmente ameaçadas.

Por exemplo, o número de espécies de anfíbios listadas como ameaçadas deu um enorme salto de 146 em 2000 para 1856 este ano (ver Anfíbios enfrentam futuro sombrio).

Os animais de água doce melhor estudados são as tartarugas, refere Craig Hilton-Taylor, que ajudou a coordenar a Lista Vermelha. Os números mostram que também elas estão em perigo. Os investigadores descobriram que mais de 40% das espécies de tartaruga estão ameaçadas, principalmente devido à recolha dos seus ovos e da destruição do seu habitat.

Destas, o relatório classifica dez espécies como "criticamente ameaçadas", ou seja, irão extinguir-se no espaço de menos de um século se não forrem tomadas medidas para a sua protecção. Um exemplo é a tartaruga pintada Callagur borneoensis, nativa do sul da Malásia e do Bornéu. 

O relatório especula sobre a possibilidade de esta ameaça aumentar, pois se as tartarugas desaparecerem do sudeste asiático, por exemplo, as pessoas passarão a recolher os ovos dos animais que habitam o subcontinente indiano, ameaçando essas espécies também.

Estas novas teorias e estatísticas surgem como resultado do primeiro relatório detalhado dos sistemas de água doce desde há quatro anos, diz Hilton-Taylor. O crescente número de espécies ameaçadas encontradas pela equipa é causa de grande preocupação.

"Não temos ainda um quadro completo da situação, mas parece desde já que as espécies de água doce estão mais ameaçadas que as terrestres", diz Hilton-Taylor. O investigador acredita que esta situação dramática se deve, em parte, ao facto de os sistemas aquáticos serem mais sensíveis à poluição que os terrestres.

A equipa apenas estudou um número reduzido de animais, mas pensam que as descobertas específicas que obtiveram se aplicam aos ecossistemas aquáticos em geral. "Suspeitamos que o que observámos está a afectar todos os sistemas a nível global", conclui Hilton-Taylor. 

 

Outras Notícias:

Restam menos de 30 tigres do sul da China

 

Os tigres do sul da China, os mais raros das cinco subespécies de tigre ainda existentes, estão à beira da extinção na natureza, onde restam menos de 30 animais, segundo o mais recente senso.

Cientistas da Administração Florestal da China e do World Nature Fund conduziram um estudo dos tigres selvagens, espalhados pelas montanhas ao longo da fronteira das províncias de Jiangxi, Hunan e Guangdong, tendo os resultados sido apresentados no simpósio de Guangzhou, capital de Guangdong.

Existem 66 tigres do sul da China criados em cativeiro em 19 jardins zoológicos mas os animais são todos descendentes de seis tigres selvagens capturados em 1956.

Esta espécie de tigre é nativa do sul da China e foi em tempos encontrado por todo o país, nas florestas de montanha, antes de a guerra, a caça excessiva e a deterioração ambiental do último século ter empurrado a espécie para o precipício da extinção e passar a fazer parte da Lista Vermelha da IUCN. 

Peritos internacionais prevêem que os tigres se extingam em 2010 se não forem protegidos. Como parte de um programa de conservação, a China enviou 5 dos seus 10 tigres jovens para a África do Sul para aprenderem a caçar, devendo regressar a tempo das olimpíadas de 2008. 

 

 

Saber mais:

Anfíbios enfrentam futuro sombrio

IUCN Red List

WWF Endangered Species Site

Science lists 15,500 species on the brink

 

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

Respeitar os animais é respeitarmo-nos a nós próprios!

@ Born to be Wild & À Descoberta da Vida, 2004


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com