2004-10-19

Subject: Dor de dentes torna leão "devorador de homens"

News of the Wild

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the  Wild

Este boletim é mantido pelo site Born to be Wild, para que não esqueça o seu lado selvagem ...

 

Em destaque:

Dor de dentes torna leão "devorador de homens"

 

  Questões ou comentários para: borntobewild@clix.pt

Dê o site Born to be Wild a conhecer a um amigo!!

 

Um leão devorador de homens, associado à morte de pelo menos 35 pessoas no sul da Tanzânia, pode ter morto devido a uma dor de dentes, acreditam os peritos em fauna selvagem da zona. 

Segundo eles, o leão deve ter desistido de caçar búfalos para preferir atacar o Homem por considerar a sua carne mais tenra e menos dolorosa de mastigar. 

O leão emboscava as suas presas em oito aldeias do distrito do rio Rufiji, ao longo de um período de 20 meses. Foi finalmente abatido por guardas de caça em Abril de 2004, cerca de 150 Km a sul da capital Dar es Salaam.

Os leões devoradores de homens não são novidade na Tanzânia. Cerca de 200 pessoas são mortas por animais selvagens todos os anos, um terço das quais por leões.

O que torna esta situação digna de nota é o número de vítimas, provavelmente o mais elevado alguma vez registado para um único leão. Desde que foi abatido, os investigadores da fauna selvagem têm tentado determinar o que o levou a matar tantas pessoas e agora surgiram com uma intrigante teoria: o leão sofria de dor de dentes.

Quando o crânio do leão foi examinado, um enorme abcesso foi descoberto sob um dos molares, que estava partido em vários locais. 

"Este leão teria, provavelmente, imensas dores, especialmente quando mastigava", diz Rolf Baldus, coordenador do programa de fauna selvagem do GTZ, uma agência de cooperação alemã que trabalha com o governo tanzaniano em temas de conservação da vida selvagem nos últimos 17 anos.

"Provavelmente desistiu de caçar animais selvagens como o búfalo porque a sua carne seria demasiado dura e muito dolorosa de mastigar. Quase de certeza que considerava os humanos mais fáceis de caçar e de comer."

Obviamente que não existem provas científicas para a teoria da dor de dentes. Um dos principais problemas que os cientistas que estudam o comportamento dos leões devoradores de homens enfrentam é o facto de os leões raramente serem capturados e a sua análise ser muito rara.

 

Um facto em que muitos peritos em leões parecem concordar, no entanto, é que não são só os leões velhos e incapazes de caçar eficientemente se tornam devoradores de homens.

O leão de Rufiji era muito jovem, tinha 3 anos e meio. "Este leão deve ter sido ensinado a caçar humanos pela sua mãe, quando era juvenil. Talvez tenha desistido de caçar humanos até sentir a dor de dentes, tendo aí recomeçado", diz Baldus.

Jaw of the lion

Testes mostraram um grande abcesso por trás de um dos molares

A população de leões da Tanzânia é considerada a maior de África actualmente. Isto deve-se ao facto de existirem vastas áreas selvagens onde os leões podem viver em liberdade e também devido à política governamental de protecção e gestão sustentada, que controla a caça.

A maioria dos ataques a humanos têm lugar no sul do país, uma tendência que os peritos ainda não conseguiram explicar.

A captura e abate do leão de Rufiji não significa, claramente, que terminem os ataques no distrito, mas volta a colocar a questão da conservação dos leões e da sua relação com a população local.

"Devemos ter muito cuidado com a forma de conservação aplicada, as populações locais devem beneficiar com a presença da fauna selvagem com que convivem. Este facto é crucial, como incentivo para que a tolerem e conservem", conclui Baltus. 

 

 

Saber mais:

GTZ Wildlife Programme in Tanzania

Lion Research Centre

Alarmante perda de leões em África

 

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja receber o boletim Born to be Wild clique aqui!!

Respeitar os animais é respeitarmo-nos a nós próprios!

@ Born to be Wild, 2004


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com