2004-10-17

Subject: HIV bloqueado em macacos

News of the Wild

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the  Wild

Este boletim é mantido pelo site Born to be Wild, para que não esqueça o seu lado selvagem ...

 

Em destaque:

HIV bloqueado em macacos

 

  Questões ou comentários para: borntobewild@clix.pt

Dê o site Born to be Wild a conhecer a um amigo!!

 

Os cientistas acreditam estar um passo mais perto de compreender a forma de bloquear a transmissão do HIV, o vírus da SIDA, entre homens e mulheres.

Uma equipa de investigadores americanos e suíços usou uma droga experimental para proteger macacos do vírus equivalente ao HIV a que são susceptíveis. A droga parece ter bloqueado a transmissão através da vagina ligando-se a uma molécula da membrana celular designada CCR5, impedindo que o vírus infecte outras células.  

Os autores do estudo referiram à revista Science que o trabalho ainda está numa fase inicial e que ainda não existe uma droga semelhante para o Homem. O investigador chefe Michael Lederman, do Hospital Universitário de Investigação da SIDA em Cleveland, refere: "Identificámos um potencial alvo que pode ser usado como parte de uma estratégia simples de prevenir a SIDA."

É sabido que o HIV pode ser transmitido entre homens e mulheres através de mucosas como a da vagina. O vírus utiliza certas proteínas da superfície celular para penetrar nas células e infectá-las. 

Uma dessas moléculas designa-se CCR5 e já tinha sido demonstrado que pessoas que não têm esta molécula na membrana das células estão quase completamente protegidas contra infecções por HIV. No entanto, o HIV pode usar outras moléculas para entrar nas células.

A equipa de Lederman começou a investigação com o objectivo de descobrir se bloquear os receptores CCR5 seria o suficiente para impedir a transmissão do HIV dos símios (SHIV).

A equipa revestiu a superfície da vagina de macacos com uma droga experimental que se liga ao receptor CCR5, tornando esta molécula indisponível para o SHIV. A droga experimental, que é uma versão modificada de uma proteína humana designada RANTES, protegeu realmente os macacos da infecção pelo SHIV.

 

Lederman diz: "Ainda há muito trabalho a fazer antes que possamos ter um método barato e fácil de usar de impedir a transmissão do HIV através das membranas vaginais, mas demos mais um importante passo nesse sentido."

"Agora que demonstrámos que é possível bloquear a transmissão do SHIV através da vagina dos macacos e identificámos a molécula alvo para esse bloqueio, a porta está aberta para o desenvolvimento de um agente tópico que possa prevenir a infecção por HIV no Homem", considera ele.

Jo Robinson, do Terrence Higgins Trust, refere: "Recebemos com grande interesse este estudo, que vem acrescentar informação à já existente e mostra que é possível bloquear a transmissão do HIV em modelos animais."

"Precisamos urgentemente de novos agentes, para que os produtos mais eficazes e seguros estejam à disposição das pessoas o mais rapidamente possível. Um microbicida poderia impedir milhões de infecções por HIV num curto período de tempo, se fosse colocado à disposição daqueles que mais precisam." 

 

 

Saber mais:

Science

Terrence Higgins Trust

American Medical Association

 

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja receber o boletim Born to be Wild clique aqui!!

Respeitar os animais é respeitarmo-nos a nós próprios!

@ Born to be Wild, 2004


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com