2017-08-31

Subject: Trio de dinossauros aninhado junto como aves

Trio de dinossauros aninhado junto como aves

Dificuldades em visualizar este e-mail? Consulte-o online!

@ Nature/Gregory F. Funston

Os vestígios fossilizados de três jovens dinossauros que parecem ter estado aninhados juntos a dormir foram encontrados num bloco de pedra que ladrões contrabandearam do deserto da Mongólia.

Os investigadores dizem que os espécimes com 70 milhões de anos são o primeiro exemplo conhecido de dinossauros aninhados a dormir em grupo. Muitas espécies modernas, incluindo corvos e morcegos, dormem assim, o que os ajuda a regular a temperatura corporal e a evitar predadores.

Os três dinossauros sonolentos eram provavelmente aparentados, irmãos por exemplo, considera o paleontólogo de vertebrados Greg Funston, da Universidade de Alberta, Canadá, que liderou a equipa que analisou os fósseis. O trio “claramente tinha ligação próxima", diz ele. “Viviam juntos quando morreram."

Os agentes alfandegários da Mongólia apreenderam o bloco num aeroporto em 2006, antes de puder ser contrabandeado para o estrangeiro. Uma análise geoquímica feita por Federico Fanti, paleontólogo de vertebrados na Universidade de Bolonha, Itália, sugere que os dinossauros são provenientes de Bugiin Tsav no deserto Gobi.

A equipa de Funston identificou os fósseis como uma nova espécie de oviraptor, um grupo de dinossauros com focinhos curtos, pescoços compridos e bicos sem dentes, que viveram no Cretácico, há 145 a 65 milhões de anos. A espécie, que ainda não foi formalmente batizada, tem uma crista em forma de cúpula, semelhante à dos casuares atuais, e andava sobre os membros posteriores.

Ao contrário da maioria dos fósseis de dinossauro, dois dos animais no bloco estão agachados de barriga para baixo e estão mais completos que o terceiro. Têm o pescoço virados para trás e os membros anteriores envolvem a cabeça, uma postura “muito semelhante à das avestruzes e emas quando estão a dormir profundamente", explica Funston.

Um punhado de fósseis descobertos antes capturaram dinossauros a dormir mas mostram apenas um animal mas este novo fóssil sugere que dormir empoleirados em conjunto surgiu em animais com vidas sociais ricas, diz Funston. Os oviraptores estão nessa situação: procuravam alimento em conjunto e provavelmente mostravam as suas cristas aos rivais ou potenciais parceiros. Pelo contrário, outro grupo de dinossauros do tipo ave conhecido por troodontídeos, não tinha este tipo de comportamento sofisticado e não dormia em grupo.

Da largura das coxas dos dois esqueletos mais completos do bloco, os investigadores estimam que cada um pesaria cerca de 45 kg, um pouco mais que um pastor alemão. O terceiro esqueleto está demasiado fragmentado para os investigadores estimarem o seu peso mas é aproximadamente do mesmo tamanho dos seus parceiros, sugerindo que os três teriam a mesma idade.

Uma fêmea de oviraptor podia por dúzias de ovos, sempre em múltiplos de dois, por isso os animais no bloco deviam ser irmãos, diz Funston, ou talvez primos.

 

Dois outros fósseis mongolianos da mesma espécie podem ajudar a perceber a idade do trio adormecido. Um adulto anteriormente descoberto noutro estrato pesava 75 kg, e outro espécime recuperado por contrabandistas em 2006 tinha 33 kg e, a julgar pelo desenvolvimento ósseo, teria menos de um ano de idade. Isso levou a equipa a estimar a idade dos animais do bloco entre os 2 e os 5 anos, "tornando-os equivalentes a adolescentes no parque de estacionamento", brinca David Varricchio, paleontólogo de vertebrados na Universidade Estadual do Montana em Bozeman.

Ter espécimes de várias idades vai trazer novas perspetivas sobre a forma como esta classe de animais cresceram e evoluiram, diz Michael Pittman, paleontólogo na Universidade de Hong Kong.

A configuração dos 3 animais implica que estavam a tocar-se e os investigadores pensam que os juvenis estavam enroscados em busca de calor. Isso sugere que tentavam manter uma temperatura corporal constante, diz Funston, apesar de a maioria dos animais que se enrosca em busca de calor ser pequeno. Funston especula que uma tempestade de frio ou de areia teria levado os dinossauros a aninharem-se juntos.

Outros investigadores têm reservas sobre essa ideia. Os animais podem ter-se aninhado para se esconderem ou simplesmente por ser um ótimo local para dormir, pensa John Grady, biólogo na Faculdade Bryn Mawr na Pensilvânia, que estudou as taxas metabólicas dos dinossauros. Varricchio pensa que os jovens répteis estavam a descansar ou abrigados de condições climáticas adversas, e não a dormir.

Já Funston defende que os animais modernos que se aninham juntos raramente se tocam diretamente, a não ser em busca de calor. Animais que morreram em eventos como cheias ficam preservados em posições muito diferentes das do trio de oviraptores, tornando improvável que os jovens dinossauros estivessem acordados.

Seja seja lá o que for que os dinossauros fossilizados estavam a fazer, os investigadores dizem que os seus vestígios sugerem que os jovens oviraptores eram animais sociais. Existem evidências fósseis de oviraptores adultos agachados em ninhos e faz sentido que os jovens “andassem em volta” em vez de atrapalhar os adultos, diz Varricchio. O pose tão típica dos fósseis no bloco, acrescenta ele, mostra que “viveram juntos e morreram juntos”.

 

 

Saber mais:

Árvore filogenética dos dinossauros sofre reviravolta

Asas de ave em âmbar são primeiro fóssil do seu tipo do tempo dos dinossauros

Alterações climáticas extremas atrasaram ascensão dos dinossauros

Dino-galinhas revelam a origem do bico

Espécie rival desafia posição da 'primeira ave'

Penas eram a exceção e não a regra para dinossauros

 

 

Facebook simbiotica.orgTwitter simbiotica.orgPinterest simbiotica.orgInstagram simbiotica.orgYouTube simbiotica.org

 

Arquivo  |  Partilhar Comentar |   Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  Subscrever | @ simbiotica.org, 2017


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com