2015-09-19

Subject: Utilização de medicamentos personalizados para o cancro vai à frente da ciência

Utilização de medicamentos personalizados para o cancro vai à frente da ciência

Dificuldades em visualizar este e-mail? Consulte-o online!

Newsletter não segue Acordo Ortográfico

@ Nature/Hero Images/Getty

À medida que os custos da sequenciação genética se reduzem, os oncologistas estão a começar a prescrever dispendiosos novos medicamentos que têm como alvo os perfis genéticos dos tumores dos seus pacientes, mesmo que esses tratamentos não tenham sido aprovados para o tipo de cancro em questão.

Mas essa utilização fora do definido vai muito à frente do estado do conhecimento científico, sugere o primeiro teste clínico aleatório a testar a ideia. O estudo, publicado na revista Lancet Oncology, revelou que a utilização de medicamentos personalizados contra o cancro para além do definido não tem mais benefícios que a quimioterapia convencional.

“Este estudo é importante porque muitos oncologistas já adoptaram esta abordagem personalizada", diz Daniel Catenacci, oncologista na Universidade de Chicago, Illinois, que não esteve envolvido no teste. “Por que razão abandonariam a ciência?"

O principal autor do estudo, Christophe Le Tourneau, oncologista no Instituto Curie de Paris, diz encontrar esses tratamentos para além do definido "muito frequentemente" nos consultórios: “Compreendo porquê, os pacientes querem viver e os médicos querem ajudar.” Mas Le Tourneau acrescenta que os pacientes cujos tumores têm alterações genéticas que podem ser potenciais alvos por um medicamento não aprovado ficam melhor servidos se participarem em testes clínicos.

Um pequeno mas crescente número de medicamentos personalizados contra o cancro foram aprovados para o tratamento de certos tipo de cancro que envolvem mutações específicas mas os oncologistas esperam que esses medicamentos também funcionem com mutações aparentadas noutros tipos de cancro. Segundo algumas fontes, mais de 30% destes medicamentos específicos são receitados para outros cancros.

Para testar os benefícios dos regimes de medicamentos personalizados usados noutros cancros, investigadores em oito hospitais franceses analisaram os tumores dos seus pacientes em busca de anormalidades genéticas ou moleculares que pudessem ser adequadas à medicina de precisão. Os investigadores distribuíram aleatoriamente a 195 pacientes adequados um dos 10 regimes de tratamento personalizado que potencialmente seria relevante ou a quimioterapia. Não encontraram diferenças significativas entre os efeitos dos dois tratamentos.

Apostolia Tsimberidou, oncologista no Centro do Cancro MD Anderson da Universidade do Texas em Houston, considera que o estudo prova que é exequível fazer testes aleatórios em medicina personalizada mas, do seu ponto de vista, este teste foi mal concebido. Alistou pacientes com doença avançada e tinham pouca probabilidade de beneficiar, salienta ela, e muitos pacientes receberam terapia hormonal, que os puristas não consideram ser terapia personalizada. O teste também não escolheu os melhores medicamentos para avaliar e dependeu de uma abordagem simplista para encontrar o par adequado de mutações cancerígenas e tratamento personalizado.

Le Tourneau aceita as críticas mas salienta que os medicamentos melhores não estavam disponíveis comercialmente quando o teste foi concebido em 2011 e defende que muitos oncologistas tomam decisões igualmente simplificadas quando receitam medicamentos personalizados fora do contexto.

Catenacci concorda que muitos oncologistas, por enquanto, não farão muito melhor do que o teste a encontrar o melhor par de mutação cancerígena e medicação personalizada. O caso a favor da medicação personalizada pode ser fortalecido se os testes conseguirem ser melhores a escolher o tratamento mais adequado para uma dada assinatura genética ou molecular, diz ele.

Alguns desses testes já estão em curso. Em 2012, Tsimberidou relatou que uma análise observacional de pacientes em testes clínicos no seu instituto revelou que o alistamento em testes de tratamentos personalizados conferia um benefício sobre a prescrição de agentes não personalizados. Ela está agora a trabalhar para validar esses resultados num teste aleatório com 1400 pacientes.

Em Junho, o Instituto Nacional do Cancro dos Estados Unidos anunciou planos para começar a alistar mil pacientes num teste de medicina de precisão chamado NCI-MATCH, que irá emparelhar pacientes com mais de 20 possíveis medicamentos com base nas anomalias genéticas dos tumores dos pacientes. A Sociedade Americana de Oncologia Clínica também anunciou o lançamento de um registo chamado TAPUR, para compilar dados sobre o que acontece aos pacientes que recebem medicamentos personalizados contra o cancro fora do contexto específico.

Se algum estudo realmente mostrar que é benéfico prescrever medicamentos personalizados contra o cancro que têm como alvo o tumor do paciente, independentemente de esse medicamento ter sido aprovado para esse tipo particular de tecido, isso pode tornar-se um grave desafio para o regulador, diz Catenacci.

Le Tourneau acrescenta que provavelmente será apenas uma questão de tempo até que o campo tenha de enfrentar esses desafios. Os oncologistas eventualmente irão adequar os tratamentos aos perfis genéticos e moleculares dos tumores e não apenas com base em onde no corpo o tumor se desenvolve: “Estou bastante convencido que estamos quase lá.”‘

 

 

Saber mais:

Medicamento contra o cancro prolonga esperança de vida em moscas

Mutações cancerosas frequentemente mal identificadas nas clínicas

Mutações tumorais usadas para criar vacina contra o cancro

Sistema imunitário fornece pistas para tratamento do cancro

Cocktails personalizados vencem tumores resistentes

Células cancerosas conseguem infectar vizinhas normais

 

 

Facebook simbiotica.orgTwitter simbiotica.orgGoogle + simbiotica.orgFlikr simbiotica.orgYouTube simbiotica.org Pinterest simbiotica.org

 

Arquivo  |  Partilhar Comentar |   Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  Subscrever | @ simbiotica.org, 2015


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com