2015-07-05

Subject: Gatos controlam ratos com químicos presentes na urina

Gatos controlam ratos com químicos presentes na urina

Dificuldades em visualizar este e-mail? Consulte-o online!

Newsletter não segue Acordo Ortográfico

@ BBC

Gatos e ratos são o par presa/predador mais famoso do mundo mas parece que, afinal, ainda há coisas que não sabemos sobre a sua interacção: os gatos até usam guerra química contra os ratos através da sua urina.

Investigadores descobriram que quando ratos muito jovens são expostos a um composto químico presente na urina de gato têm menor probabilidade de evitar o odor dos gatos posteriormente na vida. Esta descoberta foi apresentada no encontro anual da Sociedade de Biologia Experimental em Praga.

Os investigadores, do Instituto AN Severtov de Ecologia e Evolução de Moscovo, já tinham anteriormente descoberto que o composto químico, adequadamente baptizado felinina, provoca abortos em ratas grávidas.

Vera Voznessenskaya explicou no encontro que os ratos revelam uma resposta fisiológica a este composto químico específico dos gatos: os neurónios de rato que detectam compostos químicos disparam perante o seu cheiro e desencadeiam uma reacção que inclui um aumento do nível de hormonas de stress.

"É algo que existe entre gatos e ratos há milhares de anos", referiu Voznessenskaya.

Este novo estudo revelou que ratos bebés expostos ao composto químico durante um "período crítico" do seu desenvolvimento reagiam, em adultos, de forma bastante diferente ao odor do seu predador ancestral.

A equipa de investigadores expôs ratos com um mês de idade ao composto da urina dos gatos durante duas semanas. Quando, posteriormente, estes ratos foram testados para a sua reacção ao composto, revelaram uma tendência para fugir muito menor.

"A sua sensibilidade física ao composto químico presente na urina dos gatos era na realidade muito superior à dos ratos não expostos", explica Voznessenskaya. "Tinham maior percentagem dos seus receptores a detectar o composto e produzem níveis superiores de hormonas de stress."

No entanto, e apesar disso, os ratos criados em presença do inconfundível odor a urina de gato têm menos tendência para mostrar sinais de medo ou para fugir quando o detectam.

"Obtivemos uma resposta mais elevada mas um comportamento menor", diz Voznessenskaya, "logo temos que concluir que esta habituação é provavelmente vantajosa para os ratos: eles não podem estar sempre a fugir quando precisam de viver perto dos humanos e da sua comida e os gatos também orbitam os humanos."

Quanto ao efeito desta habituação nos gatos, "eles parecem conseguir o número de ratos adequado em seu redor logo está tudo bem", acrescentou ela.

 

 

Saber mais:

Parasita faz ratos perder medo a gatos de forma permanente

Gatos matam milhares de milhões nos Estados Unidos

O cheiro do carnívoro

Gatos utilizam o ronronar para explorar os donos

Gatos australianos devem ser mantidos dentro de casa

Gatos não têm "boca doce"

 

 

Facebook simbiotica.orgTwitter simbiotica.orgGoogle + simbiotica.orgFlikr simbiotica.orgYouTube simbiotica.org Pinterest simbiotica.org

 

Arquivo  |  Partilhar Comentar |   Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  Subscrever | @ simbiotica.org, 2015


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com