2015-06-17

Subject: Papa Francisco pressiona acção para limitar alterações climáticas

Papa Francisco pressiona acção para limitar alterações climáticas

Dificuldades em visualizar este e-mail? Consulte-o online!

Newsletter não segue Acordo Ortográfico

@ Nature/Franco Origlia/Getty

As alterações climáticas são uma grave ameaça ao planeta, alerta o Papa Francisco no rascunho de uma declaração ansiosamente aguardada, que ficou conhecido após uma fuga de informação, sobre ambiente. Deixado a si próprio, o aquecimento global pode conduzir a "uma destruição sem precedentes dos ecossistemas, com graves consequências para todos nós", diz ele no documento, publicado pela revista italiana L’Espresso.

O comunicado de 192 páginas do papa, uma encíclica, deverá ser publicada oficialmente a 18 de Junho. Sob o título Laudato Sì (“Louvado seja”), destina-se tanto a católicos, como a não católicos e nele o papa condena os líderes políticos por terem falhado no combate às alterações climáticas, defendendo que "a humanidade do período pós-industrial pode vir a ser recordada como a mais irresponsável da história".

Apesar de não o primeiro papa a debater os problemas ambientais do mundo, Francisco tem-no feito com mais regularidade, e em termos muito mais fortes, que os seus predecessores. Em Janeiro, referiu que a humanidade tinha “esbofeteado a natureza na face” e tem usado as suas encíclicas para consciencializar sobre as alterações climáticas antes do encontro de Dezembro para negociações sobre novos limites às emissões de gases de efeito de estufa. Francisco irá igualmente falar de ambiente num discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas em Setembro.

Estas acções originaram críticas de católicos mais conservadores mas isso não parece ter alterado a posição do papa sobre o tema.

Há um "consenso muito substancial que indica que estamos na presença de um aquecimento preocupante do sistema climático", escreve Francisco no rascunho da encíclica. O grosso do aquecimento observado ao longo das últimas décadas foi causado por gases de efeito de estufa produzidos pelas actividades humanas, acrescenta o papa, citando “numerosos estudos científicos”.

Com isto em mente, o papa apela a reduções urgentes nas emissões de gases de efeito de estufa como forma de evitar impactos perigosos, como a subida do nível do mar e o degelo das calotas polares. A substituição dos combustíveis fósseis por fontes de energia renovável é um início, acrescenta Francisco, mas correcções técnicas têm que ser complementadas por uma mudança de atitudes.

Os países mais ricos devem suportar a responsabilidade maior de lidar com as alterações climáticas, diz ele, garantindo que os seus efeitos negativos não caem desproporcionadamente sobre os mais pobres e sobre as gerações futuras.

O papa guarda algumas das suas críticas mais severas para os políticos: apesar de terem negociado alguns acordos ambientais com sucesso, como o Protocolo de Montreal de 1989 para a protecção da camada de ozono, os progressos na limitação das emissões de gases de efeito de estufa têm sido "tristemente pobres", diz ele. O marco histórico que foi a conferência sobre desenvolvimento sustentável das Nações Unidas no Rio de Janeiro em 2012, produziu uma declaração final que foi "tão abrangente como ineficaz".

Ainda assim, Francisco considera que o Vaticano se deve abster de promover políticas específicas para lidar com a questão climática, devendo, pelo contrário, encorajar um “debate científico honesto”.

 

 

Saber mais:

Intrigante 'pausa' no aquecimento global foi ilusão

Necessários grandes compromissos para alcançar metas de emissões de carbono

Zona estável da Antárctica está a derreter 

Aquecimento global cria extremos estranhos

Limite de 2ºC de aquecimento global no fio da navalha

2014 foi o ano mais quente de que há registo

 

 

Facebook simbiotica.orgTwitter simbiotica.orgGoogle + simbiotica.orgFlikr simbiotica.orgYouTube simbiotica.org Pinterest simbiotica.org

 

Arquivo  |  Partilhar Comentar |   Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  Subscrever | @ simbiotica.org, 2015


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com