2003-10-20

Subject: Pesca do bacalhau proibida?

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do Boletim Informativo Born to be Wild, para que não esqueça o seu lado selvagem ...

 

Em destaque:

Pesca do bacalhau proibida?

 

  Questões ou comentários para: borntobewild@clix.pt

Dê o site Born to be Wild a conhecer a um amigo!!

 

Cientistas conselheiros da União Europeia voltaram a sugerir a proibição total da pesca no bacalhau Gadus morhua nos mares da Irlanda, da Escócia e do Norte, considerando que só assim a pressão sobre os stocks de peixe seria aliviada o suficiente para lhes permitir recuperar. 

O relatório apresentado por estes conselheiros revela um cenário negro, com o efectivo de bacalhau a níveis extremamente baixos, apesar de medidas de conservação anteriores. 

Apesar dos alertas, as populações de peixe têm vindo a decair ao longo dos últimos anos. Atingiu-se agora um ponto tão preocupante que será necessária uma política de zero capturas para oferecer uma última hipótese à espécie. 

Para os pescadores a situação é igualmente preocupante, pois receiam que estas medidas drásticas acabem com o que resta da indústria da pesca do bacalhau. Reconhecem, no entanto, que esse final será inevitável, como aconteceu no Canadá, onde o bacalhau desapareceu totalmente. 

Os pescadores começam já a manifestar o seu desagrado quanto a estas propostas, alegando que muitas outras espécies (pescada ou badejo, por exemplo) podem ser pescadas na zona, pelo que tencionam lutar por um acordo melhor para si próprios.

Este é o segundo ano consecutivo em que os cientistas defendem uma proibição total da pesca do bacalhau. Mas os pescadores mantêm que conseguem obter um equilíbrio entre a captura de espécies abundantes e a protecção do bacalhau, pelo que será fundamental convencer os cientistas e os políticos da União desse facto. 

No ano passado, os ministros da União decidiram adiar a proibição total da pesca do bacalhau, optando por uma redução das capturas de 45%. Estes cortes levaram a muitos despedimentos nas frotas pesqueiras europeias, principalmente na Escócia. 

Muitos já reconhecem o problema, pois ignorar o alerta dos cientistas apenas levou a uma maior degradação do efectivo do peixe: ano após ano os políticos têm esbanjado os stocks pesqueiros com pedidos egoístas, situação que não pode mais ser sustentável.

 

 

 

Outras Notícias:

Cientistas planeiam a recuperação do bacalhau

 

O relatório da International Council for the Exploration of the Sea (ICES) traça um quadro negro, tal como no ano passado: medidas drásticas são exigidas aos membros da União, pois as capturas de bacalhau e algumas outras espécies permanecem insustentáveis. 

A ICES propõe:

  1. o stock pesqueiro mínimo de bacalhau no Atlântico norte é de 150000 toneladas mas o seu tamanho estimado é de apenas 52000. Não devem existir capturas até que atinja as 70000 toneladas;

  2. devem existir 10000 toneladas de bacalhau no mar da Irlanda mas a estimativa actual é de 6000 e decaindo rapidamente. Zero capturas até que se ultrapasse as 6000 toneladas; 

  3. as águas ocidentais da Escócia devem conter 22000 toneladas mas a estimativa actual aponta para 2500. Zero capturas até que sejam atingidas as 14000 toneladas; 

  4. deve também haver zero capturas para a pescada Merluccius merluccius nas águas mais a sul, até à costa portuguesa, de modo a permitir que a pescada retorne às 35000 toneladas, das actuais 16000;

  5. zero capturas para o capelim Mallotus villosus no mar de Barents em 2004 devido à prevista quebra dos stocks das 280000 toneladas em 2003 para 90000. 

Foram ainda proposta, novamente, importantes reduções nas capturas de badejo, carapau, entre outras espécies.

 

 

Saber mais:   

Política de pescas da União Europeia

North Sea cod reach new low

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo?? 

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja receber o boletim Born to be Wild clique aqui!!

Respeitar os animais é respeitarmo-nos a nós próprios!

@ Born to be Wild, 2003


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com