2013-07-25

Subject: Musaranho tem coluna com força dos deuses

 

Musaranho tem coluna com força dos deuses

 

Dificuldades em visualizar este e-mail? Consulte-o online!

Newsletter não segue Acordo Ortográfico

@ Nature/Stanley, W. T. et al.

Um dos mamíferos mais bizarros do mundo tem agora uma espécie irmã: o recentemente descoberto musaranho-de-armadura de Thor Scutisorex thori partilha as invulgarmente fortes e interligadas vértebras com ao já conhecido musaranho-de-armadura (também conhecido por musaranho-herói), o que pode ajudar a explicar o papel evolutivo dessa adaptação.

Região lombar do musaranho Scutisorex somereni (ao meio) e do Scutisorex thori (em baixo), ambas com vertebras interligadas e bastante mais espessas do a do musaranho africano gigante (Crocidura olivieri, topo).O grande e lanudo musaranho-de-armadura Scutisorex somereni foi descoberto há mais de um século na África equatorial. Apresenta uma estrutura espinal única entre os mamíferos, com vértebras invulgarmente espessas que interligam entre si de forma semelhantes aos dentes de dois pentes.

Em relação à sua massa corporal, a coluna do musaranho-de-armadura é mais forte do que a de qualquer outro vertebrado. Foi relatado anedoticamente que o musaranho-de-armadura consegue suportar o peso de um homem adulto sobre o dorso, o que mais ou menos equivalente a um homem suportar o peso do vaivém espacial nas costas.

O musaranho-de-armadura era até ao momento a única espécie conhecida a apresentar esta adaptação e a sua função permanecia um mistério. “Este investimento em energia e em cálcio tão significativo tem que ter algum tipo de benefício evolutivo", diz Rainer Hutterer, biólogo de vertebrados no Museu de Investigação Zoológica Alexander Koenig em Bona, Alemanha.

Nas floresta da República do Congo, Hutterer e os seus colegas descobriram agora uma espécie irmã, que também apresenta esta morfologia espinal tão distinta (ver imagem ao lado). 

 

Escrevendo na última edição da revista Biology Letters, a equipa descreve a nova espécie, por eles baptizada Scutisorex thori, tendo em mente que na mitologia nórdica Thor é o deus da força.

A estrutura do crânio e vértebras do animal sugerem que se trata de um estádio evolutivo intermédio entre o do musaranho-de-armadura e os outros musaranhos. A sua descoberta pode, assim, ajudar a reconstruir a história evolutiva destes mamíferos.

“O musaranho-de-armadura foi considerado um exemplo de equilíbrio pontuado, onde uma espécie permanece inalterada por longos períodos de tempo e depois evolui rapidamente, diferenciando-se para outra forma", explica William Stanley, biogeógrafo no Museu Field de História Natural de Chicago, Illinois, e co-autor do estudo. 

Mas agora esta descoberta sugere que a evolução do S. somereni pode ter sido mais gradual, referem os autores.

A equipa coloca a hipótese de o musaranho-de-armadura usar a sua forte coluna vertebral como alavanca para retirar larvas das bases das folhas de palmeira ou vermes de debaixo de troncos pesados.

“A descoberta ajuda-nos a compreender de que forma esta especialização extrema evoluiu incrementalmente", diz Andrew Kitchener, biólogo especialista em vértebras dos Museus Nacionais da Escócia em Edimburgo, Reino Unido.

A adaptação única do musaranho-de-armadura e do musaranho-de-armadura de Thor também podem ter interesse para os designers de estruturas e para os engenheiros em busca de designs bio-inspirados para condições de carga extremas.

O desafio para os investigadores é agora perceber o comportamento dos musaranhos e obter um vislumbre desta adaptação única em acção.

 

 

Saber mais:

Cara a cara com o mais antigo ancestral dos placentários

Musaranho 'extinto' redescoberto

Descoberta nova espécie de mamífero

Genes de antigos mamíferos reconstruídos

Guerra aberta contra as super-ratazanas

 

 

Facebook simbiotica.orgTwitter simbiotica.orgGoogle + simbiotica.orgFlikr simbiotica.orgYouTube simbiotica.org Pinterest simbiotica.org

 

Arquivo  |  Partilhar Comentar |   Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  Subscrever | @ simbiotica.org, 2013


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com