2013-04-21

Subject: HIV no leite materno atinge pico no desmame

 

HIV no leite materno atinge pico no desmame

 

Dificuldades em visualizar este e-mail? Consulte-o online!

Newsletter não segue Acordo Ortográfico

@ Nature/Eric Miller Africapictures.net/NewscomA quantidade de HIV no leite de uma mãe infectada atinge um pico quando começa o desmame, revela um estudo publicado na revista na revista Science Translational Medicine

É provável que as descobertas acrescentem urgência aos esforços para garantir que as mães infectadas sem acesso a leite artificial tomem medicamentos anti-retrovirais ao longo da amamentação e mesmo para além do desmame das suas crianças.

A investigação também ajuda a explicar porque razão os bebés que são desmamados cedo e de forma abrupta não têm maior probabilidade de evitar contrair o HIV que os que continuam a ser amamentados, uma descoberta feita num teste clínico aleatório com 958 mulheres infectadas com HIV em Lusaka, Zâmbia, recrutadas entre 2001 e 2004.

Grace Aldrovandi, pediatra no Instituto de Investigação Saban do Hospital Pediátrico de Los Angeles na Califórnia, recolheu leite com uma bomba de todas as mulheres no estudo depois de elas terem amamentado em exclusivo os seus bebés durante quatro meses. 

O leite de mulheres que tinham parado de amamentar de forma abrupta continha níveis marcadamente mais elevados de HIV do que o leite de mulheres que tinham continuado a amamentar em exclusivo: uma média de 2708 cópias de RNA viral por mililitro de leite comparadas com menos de 50 cópias por mililitro. Em mães que continuaram a amamentar, mas não em exclusivo, os níveis virais estavam entre os dos outros dois grupos, uma média de 293 cópias por mililitro.

As diferenças entre grupos permaneceram após os investigadores terem feito ajustes para possíveis factores de confusão, incluindo a quantidade de HIV presente no sangue da mãe. A equipa também analisou alterações entre mulheres individualmente e descobriram que nas que desmamaram abruptamente os níveis de HIV no sangue subiram marcadamente entre amostras retiradas antes do desmame e as recolhidas duas semanas depois. O mesmo não era verdade para as mulheres que continuaram a amamentar.

“O desmame leva a aumento da concentração de HIV no leite materno, esta é a grande mensagem deste artigo", diz Aldrovandi. “Este período peri-desmame pode ser muito perigoso."

Os resultados têm importantes implicações práticas, acrescenta Lynne Mofenson, chefe do Departamento de Doenças Infecciosas Maternas e Pediátricas do Instituto Nacional de Saúde Infantil e Desenvolvimento Humano em Bethesda, Maryland. Ela considera vital que a terapia anti-retroviral seja fornecida à mãe ou à criança durante toda a duração da amamentação, mesmo durante o desmame, para que a transmissão de mãe para filho do HIV seja prevenida.

 

A actual prática de fornecer às mães uma ou duas semanas de terapia anti-retroviral depois do desmame pode não ser suficiente, dizem os autores, dado que o desmame é um processo prolongado na vida real.

O estudo também “é um grande argumento a favor da amamentação exclusiva", diz Catherine Hankins, directora-adjunta para a ciência no Instituto para a Saúde e Desenvolvimento Global de Amesterdão. Ela salienta que os níveis virais no leite materno eram substancialmente mais elevados em mães que começaram a desmamar os seus bebés nas duas semanas antes da recolha de leite, do que naquelas que amamentavam em exclusivo.

Os autores colocam a hipótese de o HIV passar mais facilmente do sangue para o leite durante o desmame pois as ligações celulares entre células epiteliais mamárias se tornam permeáveis, um fenómeno que foi observado em vários roedores e em humanos. A inflamação devida ao desmame abrupto também pode ter um papel, escrevem eles. 

Mas seja qual for a base biológica, dizem eles, os anti-retrovirais serão vitais para a protecção dos bebés durante este período. Eles sugerem estudos de seguimento que verifiquem se a terapia intensificada no momento do desmame ajuda a reduzir a transmissão.

 

 

Saber mais:

Anticorpos evoluem contra HIV

Criança domina HIV e deixa cientistas intrigados

Açúcar do leite materno aumenta risco de transmissão de HIV

Será que amamentar não é o melhor para o bebé?

Amamentar reduz o risco de infecção por HIV

Leite materno ajuda a bloquear o HIV

 

 

Facebook simbiotica.orgTwitter simbiotica.orgGoogle + simbiotica.orgFlikr simbiotica.orgYouTube simbiotica.org Pinterest simbiotica.org

 

Arquivo  |  Partilhar Comentar |   Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  Subscrever | @ simbiotica.org, 2013


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com