2012-09-22

Subject: Atribuídos prémios Ig Nobel de 2012

 

Atribuídos prémios Ig Nobel de 2012

 

Dificuldades em visualizar este email? Consulte-o online!

Newsletter não segue Acordo Ortográfico

Verdadeiros laureados Nobel ilustram o estudo de psicologia @ BBC

Uma equipa de investigadores ingleses e americanos descobriu uma equação que lhes permite prever a forma de um rabo-de-cavalo, o que lhes valeu um dos prémios Ig Nobel, atribuídos numa gala esgotada realizada na Universidade de Harvard.

Carinhosamente apelidados Igs, estes prémios são uma paródia aos sóbrios prémios Nobel da ciência. Os outros doze vencedores de 2012 incluem equipas que estudaram temas bombásticos tal como os chimpanzés serem capazes de se reconhecer através dos traseiros ou a razão porque o café se entorna de uma caneca em movimento.

Mas apesar de alguma desta investigação parecer tola, muita dela tem como objectivo lidar com problemas do mundo real e é publicada em revistas científicas e analisada por pares.

A equipa formada por Patrick Warren, Raymond Goldstein, Robin Ball e Joe Kellers produziu o que ficou conhecido por "equação da forma do rabo-de-cavalo". Leva em conta a rigidez das fibras do cabelo na cabeça, o efeito da gravidade e a presença de caracóis ou ondulação ubíqua no cabelo humano para modelar como um rabo-de-cavalo se irá comportar.

Juntamente com a constante que a equipa chama o número Rapunzel, a equação pode ser usada para prever a forma que o cabelo terá quando for puxado para trás da cabeça e atado. "Tenho trabalhado nisto há muito tempo", diz Warren. "Na Unilever, onde trabalho, há muito interesse nisto pois vendemos muitos produtos de cuidados capilares mas há aplicações mais vastas, onde se tenha muitas fibras a funcionar em conjunto, como nos tecidos. Também já pensei nas animações por computador porque o cabelo é muito difícil de parecer natural nas animações."

Os prémios Ig Nobel foram apresentados esta quinta-feira numa cerimónia no Teatro Sanders de Harvard pela vigésima segunda vez, desde que a revista de humor científico Annals of Improbable Research iniciou o evento.

A gala conta sempre com a presença de laureados com o verdadeiro Nobel, que entregaram os prémios. Os vencedores têm 60 segundos para fazer um pequeno discurso de aceitação e se os ultrapassam uma rapariga começa a gritar "chato". Outra tradição é atirar aviões de papel pela sala.

Eis a lista completa dos vencedores dos Ig Nobel de 2012:

Psicologia: Anita Eerland e Rolf Zwaan (Holanda) e Tulio Guadalupe (Peru/Rússia/Holanda) pelo seu estudo 'Inclinar-se para a esquerda faz a Torre Eiffel parecer mais pequena';

 

Paz: Companhia SKN (Rússia) por converter velhas munições russas em novos diamantes;

Acústica: Kazutaka Kurihara e Koji Tsukada (Japão) por criarem o SpeechJammer - uma máquina que perturba a fala de uma pessoa ao faze-la ouvir a sua própria voz com um pequeno desfasamento;

Neurociência: Craig Bennett, Abigail Baird, Michael Miller e George Wolford (Estados Unidos) por demonstrarem que investigadores cerebrais, por utilizarem instrumentos complicados e estatísticas simples, podem observar actividade cerebral significativa em qualquer lugar, mesmo num salmão morto;

Química: Johan Pettersson (Suécia/Ruanda) por deslindar o mistério da razão porque, em certas casas da cidade de Anderslöv, Suécia, o cabelo das pessoas ficava verde;

Literatura: O Departamento Geral de Responsabilização dos Estados Unidos por lançar um relatório sobre relatórios sobre relatórios que recomenda a preparação de um relatório sobre o relatório sobre relatórios sobre relatórios;

Física: Joseph Keller (Estados Unidos), Raymond Goldstein (Estados Unidos/Reino Unido), Patrick Warren e Robin Ball (Reino Unido) por calcularem o equilíbrio de forças que determinam e movem o cabelo num rabo-de-cavalo humano. Keller recebeu ainda um Ig por ter contribuído num trabalho sobre bules que não pinguem em 1999 mas que na altura não lhe foi dado crédito;

Dinâmica de fluidos: Rouslan Krechetnikov (Estados Unidos/Rússia/Canadá) e Hans Mayer (Estados Unidos) pelo estuda da dinâmica de líquidos a chocalhar, como forma de compreender o que acontece quando uma pessoa anda com uma caneca de café na mão;

Anatomia: Frans de Waal (Holanda/Estados Unidos) e Jennifer Pokorny (Estados Unidos) por descobrir que os chimpanzés conseguem identificar outros chimpanzés individualmente a partir de fotografias dos seus traseiros;

Medicina: Emmanuel Ben-Soussan e Michel Antonietti (França) por aconselharem os médicos que realizam colonoscopias a forma de minimizar as probabilidades de os seus pacientes explodirem.

 

 

Saber mais:

Entregues os prémios Ig Nobel

 

Clique para ajudar!

Facebook simbiotica.orgTwitter simbiotica.orgGoogle + simbiotica.orgFlikr simbiotica.orgYouTube simbiotica.org

 

Arquivo  |  Partilhar Comentar |   Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  Subscrever | @ simbiotica.org, 2012


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com