2004-05-11

Subject: Bambu ameaçado de extinção

News of the Wild

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the  Wild

Este boletim é mantido pelo site Born to be Wild, para que não esqueça o seu lado selvagem ...

 

Em destaque:

Bambu ameaçado de extinção 

 

  Questões ou comentários para: borntobewild@clix.pt

Dê o site Born to be Wild a conhecer a um amigo!!

 

São más notícias para os pandas: até metade da população mundial de 1200 espécies de bambu estão ameaçadas de extinção, revela um relatório das Nações Unidas. É necessária acção urgente para proteger as plantas e as espécies que delas dependem, concluem os autores do estudo. 

A desflorestação tem retirado a muitas das espécies de bambu o seu habitat natural, mas o efeito real na sua distribuição não é bem entendido, pois muitas das áreas em que vivem são bastante remotas. 

Para ter uma melhor ideia da quantidade de bambu que ainda resta, os investigadores do International Network for Bamboo and Rattan e do United Nations Environment Programme World Conservation Monitoring Centre analisaram centenas de relatórios académicos sobre a distribuição das diferentes espécies de bambu e combinaram-nos com mapas globais do coberto florestal. 

O resultado foi um mapa das zonas de concentração de bambu, que revelou que cerca de 600 espécies estão ameaçadas pois têm manos de 20000 Km2 de habitat natural. Algumas variedades têm mesmo menos de 2000 Km2 de terra onde viver, refere a ecologista Valerie Kapos, que ajudou a elaborar a relatório. 

Uma das razões para o elevado impacto sobre o bambu é o seu característico ciclo de floração e morte em massa. Todos os indivíduos de uma dada variedade de bambu florescem na mesma altura, uma vez a cada 10 ou 100 anos, e depois morrem. Se a floresta foi derrubada durante este período, o bambu não voltará a crescer. 

O relatório mostra que muitas espécies animais vulneráveis que dependem quase por completo do bambu para alimento e abrigo, como os lémures, pandas gigantes e gorilas da montanha, enfrentam outra grande dificuldade para sobreviver. 

No entanto. as notícias não são melhores para o Homem. Milhões de pessoas dependem do bambu selvagem para comida, mobiliário e material de construção. Em todo o mundo, mais de 2,5 biliões de pessoas comercializam ou utilizam o bambu. 

Não é tarde demais para fazer alguma coisa, refere Kapos. Ela espera que a World Conservation Union, responsável pela listagem das espécies ameaçadas, utilize este estudo para traçar políticas de conservação. 

 

Existem muitas variedades de bambu, incluindo lenhosas, trepadoras e herbáceas. O bambu lenhoso é natural da Ásia, Amazónia, Andes e alguns desertos africanos. Na Ásia, os pandas gigante Ailuropoda melanoleuca e vermelho Ailurus fulgens dependem dele como fonte de alimento. Existem cerca de 1000 pandas gigantes na natureza, cada um comendo 38 Kg de bambu por dia. 

Não há dúvida de que sem o bambu não existirão pandas, explica o conservacionista Andrew Laurie do Global Environment Facility. A fragmentação do habitat pela desflorestação também leva à consanguinidade e pode levar à extinção. 

O morcego mais pequeno do mundo Tylonycteris pachypus também depende do bambu. Este mamífero asiático do tamanho de um selo de correio abriga-se e procria no interior dos caules da planta, para onde entra através de orifícios abertos por escaravelhos. 

Em África, os ameaçados gorilas da montanha Gorilla gorilla beringei e os bongos da montanha Tragelaphus euryceros isaaci, um tipo de antílope, dependem do bambu para alimento e abrigo, respectivamente. Em Madagáscar, os lémures, sapos dos bambus e a tartaruga mais rara do mundo Geochelone yniphora correm risco semelhante. 

No Amazonas, vastas áreas de floresta são totalmente dominadas pelo bambu, que ursos de óculos Tremarctos ornatus e tapires da montanha Tapirus pinchaque devoram alegramente, bem como 5% das aves da zona, que nela fazem ninho. 

 

 

Saber mais:

Unlucky bamboo

 

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja receber o boletim Born to be Wild clique aqui!!

Respeitar os animais é respeitarmo-nos a nós próprios!

@ Born to be Wild, 2004


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com