2011-02-26

Subject: Corujas mudam de cor com aquecimento global

 

Corujas mudam de cor com aquecimento global

 

Dificuldades em visualizar este email? Consulte-o online!

Tawny owl perched in tree

A coruja-do-mato está a tornar-se castanha para sobreviver nos climas mais quentes, revelam cientistas finlandeses.

A cor da plumagem é hereditária, sendo a cinzenta dominante sobre a castanha, mas o estudo publicado na última edição da revista Nature Communications, descobriu que o número de corujas castanhas estava a aumentar.

À medida que os Invernos se tornam mais amenos, dizem os cientistas, as corujas-do-mato cinzentas deverão desaparecer. Este estudo indica que as aves estão a evoluir em resposta às alterações climáticas.

Patrik Karell, da Universidade de Helsínquia, que liderou o estudo, reuniu dados de outros estudos a longo prazo realizados com corujas-do-mato por toda a Finlândia nos últimos 30 anos.

As corujas podem ser divididas em duas categorias com base na plumagem, castanhas ou cinzentas.

A cor da plumagem de uma coruja-do-mato não se altera ao longo da vida, pelo que Karell e os seus colegas foram capazes de utilizar os dados para criar "mapas de cores" dos casais reprodutores e da sua descendência.

Os mapas mostram que a cor da plumagem é hereditária: os casais com plumagem cinzenta apresentam o alelo cinzento do gene que codifica a cor da plumagem, pelo que acabam a produzir descendência cinzenta.

No caso dos casais com cores diferentes entre si, a cor cinzenta era dominante, o que significa que a cria que herdasse os alelos cinzentos e castanhos teriam maior probabilidade de terem plumagem cinzenta.

A equipa examinou os dados sobre as corujas-do-mato recolhidas por aneladores de aves amadores do Museu de História Natural da Finlândia, que revelaram em anos com Invernos particularmente severos a mortalidade era superior na população de corujas castanhas. Esta situação pode ser devida ao facto de as corujas castanhas se tornarem mais visíveis para os predadores no espesso coberto de neve.

 

Estudos genéticos prévios também sugeriram que as corujas castanhas podem ter outras desvantagens quando comparadas com as suas parceiras cinzentas, incluindo sistemas imunitários mais fracos e taxas metabólicas mais elevadas, o que significa que precisam de se alimentar mais para sobreviver.

Mas à medida que os Invernos se vão tornando mais quentes e a cobertura de neve se reduz, as populações da coruja-do-mato castanha aumentaram grandemente.

Karell refere que as corujas castanhas, que compunham 30% da população das corujas-do-mato da Finlândia, já atingem os 50% da população.

@ Nature"A sua sobrevivência melhorou com o aquecimento dos Invernos", diz ele. "Por outras palavras, a selecção conduzida pelo clima levou a uma alteração evolutiva na população."

Os resultados também sugerem que um clima em alteração pode, em algumas espécies, reduzir o número e variedade de características que podem ser herdadas.

Se as corujas cinzentas desaparecessem do fundo genético, por exemplo, restaria apenas um alelo para a coloração da plumagem, uma situação potencialmente perigosa perante futuras alterações climáticas.

 

 

Saber mais:

Rato de patas brancas é novo ícone da evolução

Cor da plumagem indica estratégia de sobrevivência em aves

Conservacionistas detectam falhas em plano de conservação da coruja

Corujas utilizam dejectos como isco

 

 

Twitter simbiotica.orgFacebook simbiotica.orgFlikr simbiotica.orgYouTube simbiotica.orgClique para deixar de subscrever esta newsletter

 

simbiotica.org  |  Arquivo  |  Comentar  |  Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  @ simbiotica.org, 2011


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com