2009-12-12

Subject: Cimeira de Copenhaga revela rascunho de acordo final

 

Cimeira de Copenhaga revela rascunho de acordo final

 

Dificuldades em visualizar este email? Consulte-o online!

(Imagem: AP)Os países ricos devem aumentar o seu compromisso sobre o combate às alterações climáticas de acordo com o rascunho do texto de um possível acordo final da cimeira de Copenhaga.

Documentos preparados pelos secretários da cimeira apelaram às nações desenvolvidas para reduzir as emissões de gases de efeito de estufa em 25 a 45% dos níveis de 1990 até 2020. Análises sugerem que os compromissos actuais somam cerca de 18%.

O documento deixa em aberto a meta exacta para limitar a subida de temperatura, entre as disputas em os vários blocos.

Os pequenos estados-ilha e as nações mais pobres da África e da América Latina apelaram a que o documento apoiasse a meta de manter a subida de temperatura desde os tempos pré-industriais abaixo dos 1,5ºC.

Este valor é abaixo do número de 2ºC, que foi apoiado pelo G8 e pelas principais economias em desenvolvimento em Julho, e implica a necessidade de reduções drásticas de emissões.

Uma análise feita pelo Instituto de Meteorologia do Reino Unido, publicada nesta reunião, mostrou que alcançar a meta dos 1,5ºC seria "quase impossível" sem a implementação de medidas para retirar o dióxido de carbono do ar. As temperaturas estão mencionadas como alternativas nos documentos do rascunho.

Os textos estão muito aquém de constituir um documento final, pois deixam em aberto alguns dos pontos mais difíceis das negociações até à data, incluindo a forma legal de um novo acordo.

No entanto, numa importante concessão aos países em desenvolvimento, salienta que compromissos para reduções adicionais para os países desenvolvidos signatários do Protocolo de Quioto, todos menos os Estados Unidos, serão geridos de acordo com o protocolo. Os países desenvolvidos preferiam um acordo totalmente novo.

Os rascunho também deixa em aberto a escala de financiamento para ajudar os países em desenvolvimento a reduzir o crescimento das emissões e a protegerem-se contra os impactos climáticos.

Os países em desenvolvimento estão a exigir muito mais do que os países ricos actualmente consideram necessário e é provável que exijam mais clareza sobre esse tema. 

 

Os pequenos estados-ilha estão particularmente preocupados com a necessidade de financiamento firme e previsível para a adaptação. Eles também querem que qualquer acordo final inclua o estabelecimento de um ano em que se atinja o máximo e se comece a reduzir as emissões, um conceito que está presentemente ausente do rascunho.

Na reunião do Conselho Europeu em Bruxelas, os líderes da União Europeia concordaram em pagar 7,2 mil milhões de euros ao longo dos próximos três anos para ajudar as nações em desenvolvimento a adaptar-se às alterações climáticas, um número descrito pelos delegados dos pequenos estados-ilha e pelo bloco dos países menos desenvolvidos como "inadequado".

A meta das temperaturas é a maior questão por resolver nos documentos apresentados mas a controvérsia também deve surgir sobre as propostas para permitir que dinheiros dos Mecanismos para o Desenvolvimento Limpo sejam usados para energia nuclear.

Os fundos dos Mecanismos para o Desenvolvimento Limpo são obtidos através de créditos do mercado de carbono e são destinados a ajudar a reduzir as emissões com os custos mais baixos possíveis, ajudando simultaneamente no desenvolvimento económico dos países mais pobres. 

 

 

Saber mais:

UNFCCC

Cientistas reafirmam que Homem é a causa das alterações climáticas

Revelação do 'documento dinamarquês' levanta muitas questões em Copenhaga

Cimeira sobre alterações climáticas começa com apelos a acção urgente

O fim do caminho para Copenhaga?

 

 

Twitter simbiotica.orgFacebook simbiotica.orgFlikr simbiotica.orgYouTube simbiotica.org

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

 

simbiotica.org  |  Arquivo  |  Comentar  |  Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  @ simbiotica.org, 2009


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com