2009-12-05

Subject: Galápagos transformadas por alterações climáticas e actividades humanas

 

Galápagos transformadas por alterações climáticas e actividades humanas

 

Dificuldades em visualizar este email? Consulte-o online!

Marine iguana

O arquipélago das Galápagos já foi transformado pelas alterações climáticas globais e pela actividade humana, conclui um relatório agora conhecido.

Uma série de eventos, incluindo o El Nino de 1982, a pesca excessiva e o surgimento de ouriços-do-mar destruidores de coral, alterou os ecossistemas marinhos das ilhas, levando a que pelo menos 45 espécies endémicas das Galápagos tenham já desaparecido ou enfrentem a extinção.

Isso sugere que as futuras alterações climáticas conduzidas pela actividade humana terão um impacto muito grave na vida selvagem das ilhas.

O relatório, publicado na revista Global Change Biology, detalha as conclusões de um encontro científico convocado pelo ministro do ambiente do Equador, pelos Serviços do Parque Nacional das Galápagos e por grupos de conservação da natureza e da fauna selvagem, onde se incluem a Conservation International e o WWF, para avaliar a vulnerabilidade das ilhas às alterações climáticas.

O encontro descobriu que as ilhas ainda estão a recuperar do intenso evento climático El Nino de 1982, que desencadeou condições climáticas anormais. Esse evento destruiu recifes de coral no arquipélago, muitos dos quais já persistiam há pelo menos 400 anos.

No entanto, a pesca excessiva enfraqueceu significativamente a capacidade dos ecossistemas marinhos para recuperar da devastação causada pelo El Nino. Em particular, os pescadores removeram tantos peixes predadores e lagostas dos mares em redor das ilhas que enormes números de ouriços-do-mar puderam colonizar a zona.

Seguidamente, esses mesmos ouriços-do-mar alimentaram-se de forma excessiva do coral, danificando-o ainda mais e impedindo que voltasse a colonizar a zona. Em resultado, 45 espécies estão agora globalmente ameaçadas, todas vivem nas Galápagos e na sua maioria são únicas no mundo.

Estas 45 espécies incluem cinco mamíferos, seis aves, cinco répteis, seis peixes, um equinoderme, sete corais, seis algas castanhas e nove algas vermelhas. 

 

Entre elas encontra-se o tentilhão dos mangais, que vive na zona costeira e foi uma das espécies estudadas por Charles Darwin. Restam menos de 200 deles, todos dependentes dos mangais que são zonas muito susceptíveis às alterações climáticas.

Outras espécies ameaçadas são o leão-marinho das Galápagos, o pinguim das Galápagos, a iguana marinha e o coral-taça rosa Tubastraea floreana, do qual apenas sobrevivem algumas colónias. 

Duas espécies não foram formalmente avaliadas mas pensa-se que já se terão extinguido. O peixe-donzela das Galápagos Azurina eupalama, que apenas vivia nas águas do arquipélago e se alimentava de plâncton, foi em tempos muito comum mas não voltou a ser avistado depois de 1983.

Até agora, nenhum peixe marinho foi formalmente considerado extinto, o que salienta o impacto das alterações climáticas e da pesca excessiva na região.

"As Galápagos, a pedra de Roseta da evolução, estão agora a ensinar-nos sobre os impactos de longo alcance das alterações climáticas sobre os ecossistemas marinhos", diz o co-autor do relatório Les Kaufmann, da Universidade de Boston.

"Em nenhum outro local os impactos combinados das alterações climáticas e da pesca excessiva são mais claramente definidos que nas ilhas Galápagos", diz a co-autora Sylvia Earle, da National Geographic Society. "Décadas de dados associam a pressão das pescas à disrupção dos sistemas delicadamente equilibrados das ilhas, tornando-as mais vulneráveis às alterações climáticas naturais e antropogénicas." 

 

 

Saber mais:

Conservation International

WWF

Galapagos Conservation Trust

El Nino - US National Oceanic and Atmospheric Administration

 

 

Twitter simbiotica.orgFacebook simbiotica.orgFlikr simbiotica.orgYouTube simbiotica.org

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

 

simbiotica.org  |  Arquivo  |  Comentar  |  Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  @ simbiotica.org, 2009


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com