2009-10-14

Subject: Aranha vegetariana torce nariz a dieta carnívora

 

Aranha vegetariana torce nariz a dieta carnívora

 

Dificuldades em visualizar este email? Consulte-o online!

@ BBC

Uma aranha que se alimenta quase exclusivamente de plantas foi descrita pela primeira vez pelos cientistas. É a primeira aranha predominantemente vegetariana que se conhece, de todas as 40 mil espécies já descritas, que são essencialmente carnívoras.

A aranha Bagheera kiplingi, que vive na América central e México, evita a tendência carnívora das suas primas banqueteando-se com acácias, como relatam os investigadores na última edição da revista Current Biology.

A aranha-saltadora, com 5 a -6 mm de comprimento, desenvolveu um gosto pelas extremidades dos ramos de acácia, conhecidos por corpos beltianos, extremamente ricos em proteínas. Mas para alcançar o seu manjar vegetariano, a aranha tem que escapar à atenção indesejada das formigas, que vivem nos espinhos ocos da árvore.

As formigas e as acácias evoluíram conjuntamente para formar uma relação mutuamente benéfica: as formigas agressivas protegem as árvores de predadores, atacando os invasores, e, em troca do seu serviço de guarda-costas, as formigas empanturram-se elas próprias dos corpos beltianos produzidos pelas acácias.

Mas a habilidosa aranha Bagheera kiplingi descobriu uma forma de explorar esta relação simbiótica.

Um dos autores do estudo, Robert Curry, da Universidade Villanova na Pennsylvania, explica: "As aranhas basicamente despistam as formigas. As aranhas vivem na planta, mas longe, nas extremidades das folhas velhas, onde as formigas não passam muito tempo pois não há praticamente alimento nessas folhas."

Mas quando ficam com fome, as aranhas encaminham-se para as folhas novas e preparam-se para enfrentar a horda de formigas furiosas.

Curry continua: "E esperam por uma aberta, observam os movimentos das formigas e se elas andam pela zona que têm como alvo. Se está tudo limpo, correm, agarram um corpo beltiano, cortam-no e fogem com ele na boca. Retiram-se para uma das zonas não defendidas da acácia e comem calmamente."

Como muitas outras espécies de aranhas-saltadoras, a Bagheera kiplingi tem uma visão apurada, é especialmente rápida e ágil, pensando-se que tem inclusivé boas capacidades cognitivas, que lhe permitem 'caçar' o seu alimento vegetariano.

 

A dieta herbívora da aranha foi descoberta pela primeira vez na Costa Rica em 2001 por Eric Olsen, da Universidade Brandeis, e posteriormente observada de forma independente em 2007 por Christopher Meehan, na altura estudante da Universidade Villanova. Seguidamente, a equipa colaborou para descrever a aranha pela primeira vez neste artigo na revista Current Biology.

Curry refere que ficou extremamente surpreendido quando descobriu este comportamento invulgar. "Esta é a única aranha que conhecemos que deliberadamente apenas se alimenta de vegetais."

Ainda que algumas aranhas ocasionalmente suplementem a sua dieta com um pouco de néctar ou pólen, a dieta da Bagheera kiplingi é quase completamente vegetariana, apesar de ocasionalmente complementada com alguma pequena larva de formiga.

Segundo Curry, há várias razões para o motivo porque esta aranha se terá afastado das refeições carnívoras: "A competição nos trópicos é feroz logo há vantagens em fazer o que mais ninguém está a fazer. Elas são aranhas-saltadoras logo não constroem teias para apanhar alimento, têm que perseguir as presas. Ora os corpos beltianos não fogem logo são uma fonte de alimento muito previsível."

As acácias também produzem folhas todo o ano, mesmo na estação seca, o que as torna atraentes como fonte de alimento. Curry acrescenta: "Como as acácias são protegidas pelas formigas, não têm nenhuma das defesas químicas que a maioria das outras plantas tem." 

 

 

Saber mais:

Aranhas artísticas capturam presas com luz

Aranha aquática tece o seu próprio tanque de oxigénio

Um grande salto para as aranhas voadoras ...

Transgene produz odor que atrai guarda-costas

As teias de aranha e a evolução

 

 

 

Twitter simbiotica.orgFacebook simbiotica.orgFlikr simbiotica.orgYouTube simbiotica.org

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

 

simbiotica.org  |  Arquivo  |  Comentar  |  Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  @ simbiotica.org, 2009


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com