2009-04-27

Subject: Governos unidos para conter surto de gripe

 

Governos unidos para conter surto de gripe

 

 

Dificuldades em visualizar este email?

Consulte-o online!

Os governos de todo o mundo apressam-se para conter a propagação de um novo vírus da gripe dos porcos depois de surtos terem sido detectados no México, Estados Unidos e Canadá.

Pelo menos 100 pessoas já terão falecido com a doença no México. Na Europa, os ministros da saúde foram chamados a uma reunião urgente depois de um caso de gripe dos porcos ter sido confirmado em Espanha.

As Nações Unidas já alertaram que o vírus tem o potencial para se tornar numa pandemia mas também confirma que o mundo está melhor preparado para lidar com essa ameaça do que alguma vez esteve. Os stocks de medicamentos antivirais já estão a ser preparados e os viajantes estão a ser analisados nos aeroportos em busca de sintomas.

O secretário da saúde mexicano, José Angel Cordova, tem informação de que os casos de gripe dos porcos no seu país terão subido para 1614. Das 103 mortes registadas no México, apenas 20 foram confirmadamente atribuídas ao novo vírus.

Entretanto, uma emergência de saúde pública foi declarada nos Estados Unidos, onde 20 pessoas já contraíram o vírus. Também existem seis casos confirmados no Canadá e um em Espanha, onde decorrem testes em outras dez pessoas.

Investigações estão em curso em cinco outros países, onde se teme que existam mais casos. Na maioria dos casos fora do México, as pessoas apenas ficaram ligeiramente doentes e recuperaram completamente.

Mais recentemente já se soube que estão a decorrer testes na Nova Zelândia, Austrália, Brasil, Reino Unido e Israel, após indivíduos que viajaram para o México terem adoecido.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) vai reunir os seus peritos em Genebra na terça-feira para discutir a necessidade de aumentar o nível de alerta de pandemia e a Comissão Europeia também já convocou uma reunião urgente para debater a questão.

A OMS já anunciou que o vírus da gripe suína pode ser capaz de mutar para uma estirpe mais perigosa mas os peritos referiram que precisam de mais informação para determinar o nível de ameaça que este representa.

Keiji Fukuda, director-geral assistente encarregue da segurança da saúde, comentou que todos os países "estão a analisar esta situação com toda a seriedade. Mas também é claro que estamos num período em que a situação está a evoluir e temos que ser cuidadosos na recolha de toda a informação possível."

 

A OMS aconselha todos os países a estar vigilantes para o surgimento de surtos sazonais invulgares de gripe ou de sintomas do tipo pneumonia entre as suas populações, particularmente entre adultos jovens saudáveis, uma característica das pandemias passadas. A maioria dos que morreram no México até agora eram adultos jovens.

O vírus H1N1 é da mesma estirpe que causa surtos sazonais de gripe em humanos mas esta versão recém-detectada contém material genético de versões de gripe que geralmente só afectam porcos e aves.

Actualmente não existe vacina para a nova estirpe mas os casos severos podem ser tratados com medicação antiviral. Fukuda considera que os anos passados a preparar o mundo para a gripe das aves aumentaram os stocks mundiais de antivirais.

Nos Estados Unidos, oito casos foram confirmados entre estudantes de Nova Iorque, sete na Califórnia, dois no Texas, dois no Kansas e um no Ohio. "Tenho realmente receio de que sujam mortes", refere Anne Schuchat, do Centro Americano de Controlo de Doenças e Prevenção (CDC).

Os casos canadianos foram registados em locais opostos do país: dois na Colúmbia Britânica no oeste e quatro na província atlântica da Nova Escócia.

Entretanto, vários países asiáticos, europeus e da América Latina começaram a analisar os passageiros em busca de sintomas. A Rússia, China e Tailândia proibiram a importação de porco cru e derivados de porco do México e partes dos Estados Unidos mas Fukuda comentou que não existe qualquer evidência da relação entre a exposição a porcos e a infecção.

 

 

Saber mais:

O que aconteceu à gripe das aves?

Preocupação ressurge com a morte de macacos por acção do vírus da gripe de 1918

Estudo sobre vírus aumenta receios de pandemia

 

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

simbiotica.org  |  Arquivo  |  Comentar  |  Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  @ simbiotica.org, 2009


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com