2009-04-07

Subject: Raro tubarão encontrado e devorado nas Filipinas

 

Raro tubarão encontrado e devorado nas Filipinas

 

 

Dificuldades em visualizar este email?

Consulte-o online!

Pescadores nas Filipinas capturaram acidentalmente, e mais tarde comeram, um tubarão-boca-grande Megachasma pelagios, uma das espécies de peixe mais raras do mundo.

Apenas há notícia de 40 outros animais terem sido encontrados em todo o mundo, revelou o World Wildlife Fund.

O tubarão-boca-grande, com 500 Kg de peso e 4 metros de comprimento, morreu enquanto se debatia nas redes dos pescadores a 30 de Março, ao largo da ilha Burias nas Filipinas centrais.

O cadáver foi levado para a cidade próxima de Donsol na província de Sorsogon, onde foi retalhado e comido, comunicou Gregg Yan, porta-voz da WWF-Filipinas.

Yan referiu ainda que um gestor de projectos do WWF, Elson Aca, tinha tirado fotografias do tubarão e tinha tentado dissuadir os pescadores de o devorarem mas a carne de tubarão é o ingrediente principal de uma iguaria local muito apreciada.

O primeiro tubarão-boca-grande foi descoberto no Havai em 1976, levando os cientistas a criar uma família e um género completamente novos de tubarões. Os tubarões-boca-grande são dóceis, alimentando-se por filtração, daí as suas enormes bocas rodeadas de lábios de aspecto elástico.

 

Yan comunicou que o tubarão-boca-grande de Burias estava a alimentar-se de larvas de camarão, como revelou o conteúdo do seu estômago. O peixe foi baptizado "boca-grande 41" pelo Museu de História Natural da Florida, pois foi o 41º registado em todo o mundo e o oitavo encontrado nos mares das Filipinas.

Segundo ele, o tubarão-boca-grande foi capturado em águas com 200 metros de profundidade, que também são frequentadas pelo ameaçado de extinção tubarão-baleia, o maior peixe do mundo e também um filtrador, na zona de Donsol, cerca de 300 quilómetros a sudoeste de Manila.

Aca diz que a presença de dois dos três maiores tubarões filtradores e de raias-mantas e golfinhos indica que os ecossistemas marinhos da região ainda permanecem relativamente saudáveis e devem continuar a ser protegidos.

Yan apelou aos pescadores que encontraram o raro tubarão a relatar imediatamente o facto às autoridades e ao WWF.

Outros tubarões-boca-grande têm sido encontrados na Califórnia, Japão, Taiwan, Indonésia, Brasil, Equador, Senegal, África do Sul, México e Austrália.

 

 

Saber mais:

Tubarão-boca-grande - Wikipédia, a enciclopédia livre

WWF - Filipinas

 

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

simbiotica.org  |  Arquivo  |  Comentar  |  Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  @ simbiotica.org, 2009


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com