2009-01-02

Subject: O que que aconteceu com ... ?

 

O que que aconteceu com ... ?

 

 

Dificuldades em visualizar este email?

Consulte-o online!

O Cofre Global de Sementes de Svalbard, um bunker concebido para manter amostras das sementes do mundo a uma temperatura de –18ºC, abriu em Fevereiro no norte da Noruega.

Desde então, recebeu mais quatro toneladas de sementes, o que aumenta a sua colecção para um total de 15 toneladas. Nelas encontram-se 320554 amostras de sementes de 2938 espécies diferentes de plantas, depositadas por 220 países.

Cary Fowler, director-executivo do Fundo Global de Diversidade de Culturas, que contribuiu financeiramente para o cofre, está muito satisfeito com o andamento do projecto. O cofre já contém mais diversidade genética que qualquer outro banco de genes do mundo, diz ele.

Pouco depois da inauguração, engenheiros descobriram que o túnel de entrada do cofre tinha sido danificado pelo degelo da permafrost. Nenhuma semente foi danificada e os danos já foram reparados. O próximo depósito, calendarizado para coincidir com o primeiro aniversário do cofre em Fevereiro de 2009, consistirá em 80 mil amostras de sementes.

Este Verão, o fascínio dos média com a qualidade do ar em Pequim desapareceu rapidamente quando se provou que o seu efeito sobre os Jogos Olímpicos era negligenciável. Nem um dia das competições olímpicas e paralímpicas ultrapassou o 100 no Índice de Poluição do Ar de Pequim (IPA), o valor considerado pelo governo chinês como perigoso para a saúde.

Mas até que ponto o ar é limpo, agora que os monumentais esforços do governo chinês para criar o evento internacional perfeito acabaram? O número de dias com IPA acima dos 100 dispararam de 1 em Agosto e Setembro para 7 em Outubro e 6 em Novembro. Estes números são, ainda assim, muito inferiores aos de anos anteriores, diz Tong Zhu, investigador ambiental da Universidade de Pequim.

O legado dos Jogos está a ajudar pois Pequim continua a manter 20% dos carros parados em cada dia (menos que os 50% durante os Jogos), uma política que é para continuar. A remoção permanente de algumas fábricas também terá impacto positivo a longo prazo na qualidade do ar.

Zhu considera ainda muito cedo para dizer se é a política, a meteorologia ou a economia a responsável pelo maior impacto na qualidade do ar mas está a trabalhar num modelo que vai correlacionar as condições meteorológicas actuais com as emissões observadas de ozono e partículas em Agosto e Setembro.

 

Em Junho Falou-se muito de uma catatua, de nome Snowball, capaz de dançar a sério ao som de música.

Aniruddh Patel, do Instituto de Neurociência de La Jolla, Califórnia, mostraram que o abanar da cabeça e bater das patas rítmicos de Snowball estavam sincronizados com a música mais vezes do que seria de esperar se fosse obra do acaso. A ave também não estava apenas a copiar os movimentos dos humanos, o que foi a primeira prova clara de que um animal não humano pode dançar, alegou ele.

No entanto, o gosto de Snowball era muito questionado, com preferências por pop dos Backstreet Boys mas é bom ter-se sabido que já tinha alargado os seus horizontes musicais com a ajuda dos seus fans do YouTube, que lhe enviam novas músicas. Dado que Snowball já aumentou tanto a sua gama de movimentos de dança que pode mesmo fazer um DVD de aeróbica.

"Gostávamos de observar a forma como os factores sociais afectam a sua dança", diz Patel. "Ele dança com mais entusiasmo quando há gente ao pé e como os papagaios são animais sociais, acho que reagiria da mesma forma que os humanos com um parceiro de dança." 

 

 

Saber mais:

As 10 mais doidas da ciência em 2007

Lembram-se destas?

Três das melhores de 2004 ...

 

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

simbiotica.org  |  Arquivo Comentar  |  Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  @ simbiotica.org, 2008


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com