2008-10-23

Subject: Descoberto novo dinossauro emplumado

 

Descoberto novo dinossauro emplumado

 

 

Dificuldades em visualizar este email?

Consulte-o online!

O fóssil de um bizarro dinossauro com penas, datado de antes da evolução das aves, foi descoberto na China.

O Epidexipteryx parecia uma ave do tamanho de um pombo, com quatro longas penas caudais em forma de fita, provavelmente usadas como forma de exibição, mas não mostra qualquer sinal de penas de voo como as encontradas noutros tipos de dinossauros tipo ave, revela o artigo publicado na última edição da revista Nature.

A descoberta salienta a diversidade de espécies presente no Jurássico médio e superior, imediatamente antes das aves iniciarem a sua evolução.

O fóssil foi descrito por uma equipa de paleontólogos liderados por Fucheng Zhang e Xing Xu, da Academia Chinesa de Ciências.

Angela Milner, curadora assistente da paleontologia no Museu de História Natural de Londres, comenta: "Este fóssil maravilhosamente preservado é uma descoberta totalmente inesperada e muito excitante."

"Mostra que as penas já estavam a ser usadas como ornamentação muitos milhões de anos antes de serem modificadas para o voo e fornece provas fascinantes das experiências evolutivas com penas que ocorreram antes de pequenos dinossauros se decidirem a levantar voo e virar aves."

A descoberta acrescenta, no entanto, ainda mais complexidade à história inicial da era em que dinossauros bípedes predadores de pequena dimensão evoluíram para se tornar aves.

Muitos dinossauros emplumados têm vindo a ser descobertos no já famoso local da província de Laioning na China. Neles se incluem a ave mais antiga que se conhece, o Archaeopteryx, que viveu há cerca de 125 milhões de anos. O Epidexipteryx era um membro primitivo e incapaz de voar do clade Avialae, que viveu um pouco antes do Archaeopteryx.

O fóssil foi descoberto nos estratos Daohugou, no condado de Nincheng no interior da Mongólia, em sedimentos que foram datados entre 168 a 152 milhões de anos.

A análise filogenética sugere que a espécie é membro de uma "linhagem bizarra" conhecida por Scansoriopterygidae (que significa literalmente "asas que trepam").

Os autores da descrição do animal também salientam que apresenta "uma inesperada combinação de características" observadas em diferentes grupos de terápodes, os dinossauros bípedes que eventualmente originaram as aves.

 

Tinha uma cobertura fofa e suave completada com dois pares de penas caudais enormes, em forma de fita denteada. Estas penas eram quase de certeza usadas para exibição, o que o torna a espécie mais antiga que se conhece a possuí-las. No entanto, os membros não apresentavam penas de contorno, uma característica comum à maioria das aves modernas.

Zhang refere: "Ainda que apresente muitas características derivadas observadas nas aves ... [o Epidexipteryx] revela alguns aspectos impressionantes ... não conhecidos noutros terópodes. A aparência bizarra ... indica que a disparidade morfológica ... perto da origem das aves é maior do que se assumia. A ausência de ... penas nos membros sugere que as penas de adorno surgiram antes das penas aerodinâmicas e da capacidade de voo, salientando a importância do terópodes jurássicos na compreensão da origem das aves."

Epidexipteryx Graham Taylor, do Grupo de Voo Animal da Universidade de Oxford, diz: "Este fóssil é o último de uma série de dinossauros emplumados que têm surgido da China mas é especialmente excitante por duas razões."

"Primeiro, enquanto outros dinossauros emplumados datam de após o surgimento da primeira ave conhecida, este fóssil parece estar muito mais próximo em idade, abrindo uma nova janela sobre os eventos evolutivos na transição crítica dos dinossauros para as aves."

"Segundo, apresenta um conjunto absolutamente delicioso de penas caudais ornamentais, o que sugere que as penas eram usadas nas exibições antes de serem usadas no voo." 

 

 

Saber mais:

Segredos do voo das aves revelados

Proteína estabelece ligação entre tiranossauros e galinhas

Terá um genoma mais 'leve' ajudado as aves a levantar voo?

Ave primordial era aquática

 

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

simbiotica.org  |  Arquivo Comentar  |  Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  @ simbiotica.org, 2008


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com