2008-07-25

Subject: Tubarão branco filmado a caçar à noite

 

Tubarão branco filmado a caçar à noite

 

 

Dificuldades em visualizar este email?

Consulte-o online!

Ainda que as focas sejam um alimento vulgar dos tubarões brancos, seria de esperar que à noite os mamíferos tivessem uma folga. No entanto, uma filmagem nova revela que os tubarões brancos também gostam de petiscar a meio da noite.

O vídeo mostra um tubarão de 4 metros a lançar-se para fora de água para agarrar uma foca à superfície, a primeira vez que tal comportamento foi documentado à noite.

O biólogo marinho sul-africano Ryan Johnson conseguiu a filmagem numa zona da Mosselbaai (Baía dos Mexilhões), conhecida por Sharkville (cidade dos tubarões), pois nela vive uma grande população de tubarões brancos praticamente todo o ano e não muito longe de uma popular praia local.

Os tubarões não incomodam os banhistas humanos mas uma colónia de cerca de cinco mil focas numa pequena ilha a 800 metros da costa não tem a mesma sorte.

Johnson, fundador do Laboratório Sul-africano de Predadores Marinhos, descobriu pela primeira vez que os tubarões brancos de Mosselbaai saltavam acima da superfície para caçar à noite através de muito trabalho e alguma sorte.

Em 2005 ele andava 50 metros atrás de uma tubarão equipado com um mecanismo de detecção acústico há já 103 horas. "Era de noite, por isso não estávamos à espera de muita acção", lembra ele. "E, de repente, a 30 metros de nós, ele irrompe da água com uma foca na boca e começa a comer. Como havia luar, deu para observar tudo."

Johnson refere que daí para a frente tiveram que repensar o modo de alimentação dos tubarões. "As focas não são fáceis de capturar e serem capazes de o fazer à noite é algo importante."

Capturar a cena em filme à noite ainda foi mais difícil.

A equipa equipou um tubarão faminto, que tinham baptizado Big Mama, com um equipamento de localização acústico para que soubessem sempre onde se encontrava a partir do barco.

Seguidamente atraíram a Big Mama com uma foca robótica resistente o suficiente para sobreviver aos dentes da fêmea mas sem a magoar. O sistema criou uma hipótese realista de o tubarão saltar junto ao barco mas restava a questão de como capturar as imagens à noite.

Dado que os tubarões brancos são animais de sangue quente, o corpo da Big Mama é cerca de 5ºC mais quente que a água, que estava a 17ºC.

 

Quando a equipa de Johnson estava a filmar, o tubarão branco apareceu claramente na câmara térmica e as lentes de intensificação de imagem reflectiam a luz e criavam uma 'visão nocturna' familiar.

Quando os tubarões brancos caçam a partir de baixo durante o dia, detectam a presa pela sua silhueta contra o pano de fundo iluminado sobre eles.

As focas de Mosselbaai usam a cobertura da noite para nadar até às suas zonas de alimentação e voltar, talvez para evitar serem alvos fáceis para os tubarões.

As suas silhuetas, no entanto, podem ainda ser visíveis de baixo contra a luz da Lua ou da cidade de Mosselbaai. "As luzes da cidade são lançadas sobre a ilha e podem ser suficientes para dar ao tubarão visibilidade suficiente para caçar à noite", diz Johnson.

Os peritos em tubarões Pete Klimley e Scott Davis seguiram remotamente tubarões brancos em volta da ilha Año Nuevo, ao largo da Califórnia central, e comentam a pesquisa de Johnson: "Podíamos ficar a especular para sempre acerca da forma como os tubarões conseguem caçar à noite mas", diz Klimley, da Universidade da Califórnia, Davis, "tem provavelmente a ver com o luar ou bioluminescência."

Klimley e Davis também encontraram sugestões de alimentação nocturna nas suas investigações mas nunca observaram directamente o fenómeno. "Sempre suspeitei que os tubarões continuavam a caçar", diz Davis. "Só porque não os vemos não quer dizer que não se alimentem."

Segundo Johnson, saber como os tubarões se alimentam pode ajudar as pessoas a "tomar decisões mais informadas acerca de onde e quando entram para a água". 

 

 

Saber mais:

Tubarões nadam cada vez mais perto da extinção

Conservacionistas pedem um pouco de compaixão para com o grande tubarão branco

A espantosa maratona do tubarão branco

Jaws faz trinta anos - que herança deixou?

 

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

simbiotica.org  |  Arquivo Comentar  |  Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  @ simbiotica.org, 2008


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com