2004-02-16

Subject: Babirusas mais protegidos

News of the Wild

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the  Wild

Este boletim é mantido pelo site Born to be Wild, para que não esqueça o seu lado selvagem ...

 

Em destaque:

Babirusas mais protegidos

 

  Questões ou comentários para: borntobewild@clix.pt

Dê o site Born to be Wild a conhecer a um amigo!!

 

Uma espécie de porco selvagem, apenas encontrado na Indonésia, vai passar a estar um pouco mais seguro, graças à duplicação do espaço da reserva onde vive. 

O babirusa, conhecido pelas suas distintivas presas encaracoladas, apenas pode ser encontrado na ilha de Sulawesi e algumas outras pequenas ilhas vizinhas, restando apenas 10000 indivíduos. 

O governo da província de Gorontalo em Sulawesi tem vindo a aumentar a dimensão do último reduto destes animais, a floresta Paguyaman. Uma equipa de cientistas ingleses e indonésios têm sido pioneiros nas medidas de conservação da espécie e da floresta. 

Paguyaman, casa de muitos dos babirusa de Sulawesi passou de 120 para 200 Km2. Esta zona é também lar para muitas outras espécies endémicas de Sulawesi, incluindo uma espécie de búfalo anoa, o pequeno primata társio espectral e mais de 100 espécies de aves.

Paguyaman passou a ser considerada floresta tropical protegida em 1999, mas o abate ilegal de árvores e as queimadas agrícolas continuaram a destruí-la. A doutora Lynn Clayton, zoóloga britânica, passou os últimos 15 anos em Sulawesi a estudar a população de babirusa, tendo introduzido novos métodos de conservação de floresta. 

Forças especiais da polícia patrulham a área, juntamente com a população local, uma iniciativa que levou ao fim do abate ilegal de árvores dentro de Paguyaman. Antes, 10 barcaças de madeira ilegalmente abatida atravessavam o parque diariamente. 

A educação especial e os programas de publicidade reforçam a mensagem, enquanto 8000 árvores de teca foram plantadas fora da reserva, formando uma zona tampão, onde os aldeãos podem colher. Uma das características mais distintivas de Paguyaman são as suas minas de sal, onde os babirusas se congregam em grande número, para lamber o mineral. 

 

Um animal adulto pesa até 100 Kg e é o único mamífero do mundo em que os caninos superiores dos machos estão totalmente invertidos, emergindo através da pele do focinho. As outras duas presas curvam para fora do maxilar inferior. Outra característica invulgar destes animais é o hábito dos machos de se levantarem nas patas traseiras e encenar uma luta de boxe, enquanto tentam estabelecer a dominância. 

A estimativa de cerca de 10000 babirusas na natureza pode muito bem ser demasiado optimista, muitos peritos consideram que o seu efectivo real seja metade desse número. Os babirusas sofreram muito nas mãos dos caçadores furtivos, que os capturam com armadilhas de arame pela sua carne. 

No entanto, o projecto Paguyaman, em conjunto com as autoridades locais, conseguiu finalmente levar a julgamento e condenar o primeiro comerciante de carne de babirusa em 2002. Como resultado desta e de outras medidas anti-caça furtiva, o número de animais vendidos nos mercados locais caiu de 15 em 1991, para 2 por semana. 

 

 

Saber mais: 

ARKive - Babirusa

Babirusa Blog

Darwin Initiative

 

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja receber o boletim Born to be Wild clique aqui!!

Respeitar os animais é respeitarmo-nos a nós próprios!

@ Born to be Wild, 2004


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com