2008-05-21

Subject: Baleias-corcunda a aumentar?

 

Baleias-corcunda a aumentar?

 

  Dificuldades em visualizar este email?

Consulte-o online!

O número de baleias-corcunda no Pacífico norte cresceu para perto de 20 mil, a maior população desde que estes majestosos animais estiveram prestes a extinguir-se devido à caça excessiva há meio século.

O número de baleias-corcunda atingiu o mínimo recorde de 1400 ou mesmo menos em 1966, quando a sua caça foi proibida internacionalmente. O novo censo, um dos maiores estudos sobre baleias alguma vez realizados, mostra que os animais recuperaram muito melhor do que se esperava.

"Não tínhamos ideia de que a população tivesse crescido tanto", diz John Calambokidis, biólogo do Cascadia Research Collective, um instituto de investigação ambiental sem fins lucrativos em Olympia, Washington, e principal investigador do estudo.

Mas os especialistas em cetáceos estão preocupados com as cerca de 900 baleias-corcunda que migram para o Pacífico ocidental. Esta subpopulação pode estar a ser caçada ilegalmente, com algumas a ficarem enredadas nas artes de pesca. Ainda assim, os investigadores dizem que a população do Pacífico ocidental está a crescer mais de 6% ao ano, mais ou menos a mesma taxa a que crescem as das outras regiões.

O estudo de três anos, chamado SPLASH (Structure of Populations, Levels of Abundance and Status of Humpbacks, ou seja, Estrutura da população, níveis de abundância e estado das baleias-corcunda), envolveu mais de 400 investigadores de 10 países. 

O seu custo de US$3,7 milhões foi pago por financiamento da National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA) dos Estados Unidos, do governo canadiano e fontes privadas. Usou todos os recursos, desde navios de pesquisa oceanográfica a canoas para identificar as baleias através das marcas da cauda, segui-las desde os locais de alimentação ao largo do Canadá e ilhas Aleutas até aos locais de reprodução ao largo do Havai, América latina e Ásia.

“Este é um óptimo candidato a demonstrar o sucesso dos programas de conservação", diz Jay Barlow, mamologista marinho do Centro de Pescas do Sudoeste da NOAA em La Jolla, Califórnia, e um dos líderes do estudo. O projecto foi concebido em 2002 quando as leis americanas do tipo da Acta das Espécies Ameaçadas e a Acta de protecção dos Mamíferos Marinhos estavam sob forte ataque por parte dos republicanos no congresso.

 

As descobertas relatadas podem abrir um novo diálogo acerca do estudo e da regulação das baleias-corcunda sob os auspícios da Comissão Internacional de Caça à Baleia. Provavelmente surgirão conversações acerca da reavaliação do estatuto actual de ameaçadas das baleias.

Barlow diz que a revisão do estatuto de 'ameaçada' pode ser razoável para a população do Pacífico oriental mas para a população do Pacífico ocidental esse estatuto deve ser mantido. “O estudo vai iniciar um debate muito longo."

O Japão continua as tentativas de 'caça à baleia científica' numa população separada de baleias-corcunda no Pacífico sul. No ano passado, planearam matar perto de mil baleias-corcunda, anãs e comuns na zona mas a pressão internacional reduziu as capturas para perto de 550 baleias anãs.

O SPLASH também tenciona fornecer detalhes acerca da estrutura populacional das baleias-corcunda, incluindo a lealdade dos animais a certos locais de alimentação ou reprodução e de que forma isso afecta a sua sobrevivência.

Perto de 8 mil baleias-corcunda foram individualmente catalogadas, foram recolhidas amostras de tecidos de mais de 6 mil delas para análise de DNA. O SPLASH já revelou a existência de uma zona desconhecida de reprodução, um refúgio que os investigadores ainda não localizaram mas provavelmente será no meio do Pacífico. Os registos de DNA podem ser importantes na sua localização, diz Barlow.

 

 

Saber mais:

Cascadia Research

Baleias francas em risco mais uma vez

História de sucesso das baleias questionada

IWC condena o programa de capturas 'científicas' do Japão

 

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

simbiotica.org  |  Arquivo Comentar  |  Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  @ simbiotica.org, 2008

Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com