2008-04-20

Subject: Tigres mantidos em cativeiro podem salvar a espécie

 

Tigres mantidos em cativeiro podem salvar a espécie

 

  Dificuldades em visualizar este email?

Consulte-o online!

Muitos dos tigres mantidos em cativeiro têm "ancestralidade pura" e podem desempenhar um papel crucial na sobrevivência das cada vez mais reduzidas populações selvagens, sugere um estudo agora conhecido.

Uma equipa de investigadores usou um novo método para avaliar a ancestralidade genética de tigres e descobriu um número importante de animais considerados "genéricos" que, afinal, pertencem a subespécies de raça pura.

Escrevendo na revista Current Biology, os investigadores acrescentam que estes tigres também apresentavam diversidade genética que já não se encontra na natureza.

As estimativas mais actuais sugerem que apenas cerca de 3 mil tigres permanecem na natureza. Pelo contrário, a equipa internacional notou que a população global de tigres em cativeiro inclui entre 15 a 20 mil animais.

Ainda assim, eles salientam que apenas mil desses animais de cativeiro permaneceram em programas coordenados de procriação que tinham como objectivo preservar a variabilidade genética.

Os investigadores escrevem: "Até 2007, existem aproximadamente 421 tigres de Amur, 295 tigres de Sumatra, 72 tigres do sul da China, 198 tigres de Bengala, 14 tigres da Indochina e 113 tigres da Malásia em cativeiro, de acordo com os registos regionais e internacionais dos jardins zoológicos."

"Permanecem os debates acerca do papel que os tigres em cativeiro têm nos esforços de conservação, se as populações cativas podem ser geridas para servir de reservatórios genéticos das populações naturais ou se os tigres genéricos têm algum interesse do ponto de vista de conservação. A forma mais directa de abordar este dilema é através de uma compreensão da ancestralidade genética ... e do nível de diversidade genética dos tigres em cativeiro, relativamente às populações selvagens."

Ao analisar 20 anos de amostras de DNA de 105 tigres cativos e usando os dados recolhidos de tigres com uma ancestralidade conhecida como referência, a equipa pode identificar padrões genéticos que sugerem a inclusão numa das subespécies de raça pura conhecidas.

"A avaliação da 'ancestralidade em subespécie confirmada' (ASC) é uma ferramenta poderosa", explica a co-autora Shu-Jin Luo, do Instituto Nacional do Cancro dos Estados Unidos. "Se aplicado a tigres com passado incerto pode aumentar consideravelmente o número de tigres de raça pura adequados a uma gestão para conservação."

 

Dos 105 animais estudados, os investigadores identificaram 49 indivíduos pertencentes a uma das subespécies de raça pura.

No entanto, suspeitaram que o estudo estivesse a sobrestimar a proporção de animais de raça pura na população em cativeiro porque 43 dos tigres testados já estavam inscritos em programas de criação em cativeiro reconhecidos.

Mas também acrescentaram que 14 dos 62 animais não inscritos em programas de reprodução foram considerados ASC: "Se até 23% dos 15 mil tigres em cativeiro existentes se provar serem ASC, o número de tigres com herança pura de uma subespécie disponíveis para os esforços de conservação iria aumentar consideravelmente. Para além disso, uma importante fracção dos tigres de cativeiro retém variabilidade genética desconhecida, e talvez ausente, nas populações selvagens."

A equipa conclui que as suas descobertas sugerem que um programa rigoroso para identificar tigres de cativeiro ASC pode muito bem ajudar a assegurar a sobrevivência a longo prazo das populações selvagens.

"O seu potencial para a inclusão em planos de gestão integrados, in situ e ex situ, pode significativamente aumentar a dimensão da população e ajudar a manter a variabilidade genética e a viabilidade desta espécie simbólica." 

 

 

Saber mais:

Current Biology

Apelo aos deputados europeus para salvar tigres

Cria de tigre do sul da China nasce em África

Será este o fim da fábula do tigre chinês?

 

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

simbiotica.org  |  Arquivo Comentar  |  Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  @ simbiotica.org, 2008

Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com