2008-02-15

Subject: Gorilas apanhados na posição do missionário

 

Gorilas apanhados na posição do missionário

 

  Dificuldades em visualizar este email?

Consulte-o online!

Os gorilas ocidentais Gorilla gorilla sempre tinham sido observados a copular na natureza voltados para o mesmo lado, ou seja, frente com costas, mas numa clareira na floresta do Parque Nacional Nouabale-Ndoki na Republica Democrática do Congo, uma fêmea chamada Leah e o macho dominante do seu grupo, George, foram fotografados na posição face a face.

Este tipo de comportamento apenas tinha sido observado na natureza em chimpanzés bonobo Pan paniscus, bem como numa única, e não fotografada, ocasião em gorilas de montanha G. beringei.

Em cativeiro, os gorilas fazem frequentemente sexo face a face mas é difícil retirar conclusões acerca do comportamento dos grandes primatas a partir destes animais, pois são criados num ambiente muito diferente em cativeiro, diz Thomas Breuer, do Instituto Max Planck de Antropologia Evolutiva em Leipzig, Alemanha.

Leah tem sido observada a revelar comportamentos extraordinários já por várias vezes: em 2005 ela foi observada a utilizar um pau para analisar as profundezas de um lago. Mas esta dose dupla de fama não deve ser devida ao facto de esta fêmea ser de alguma forma especial, diz Breuer. 

Pelo contrário, deve-se provavelmente a ela ser uma de três fêmeas num grupo de gorilas que tem sido observado de forma muito próxima desde há 13 anos pelos cientistas da Wildlife Conservation Society.

 

Os cientistas têm tendência para tirar fotografias do comportamento dos gorilas, diz Breuer, quando os animais podem ser observados claramente em zonas mais abertas. “99% do tempo é passado na floresta", diz ele. Logo é difícil saber se este encontro face a face é normal noutras condições ambientais.

A clareira pantanosa onde os gorilas tiveram o seu tête-à-tête pode ser a razão para esta posição sexual invulgar, diz Breuer, o pântano funciona como uma espécie de cama de água, forçando os gorilas a um comportamento invulgar, como andar erecto em vez de em quatro patas.

Será que Leah e George sabiam que estavam a ser observados? Os gorilas apercebem-se da plataforma de observação no topo das árvores, diz Breuer, mas normalmente parecem imperturbáveis pela presença dos cientistas. 

 

 

Saber mais:

Avistados gorilas selvagens a utilizar ferramentas

Estudo sobre gorilas dá pistas sobre a sociedade humana

 

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

simbiotica.org  |  Arquivo Comentar  |  Busca Contacte-nos  |  Imprimir  |  @ simbiotica.org, 2008

Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com