2004-02-05

Subject: Tubarões de ponta branca seriamente ameaçados

News of the Wild

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the  Wild

Este boletim é mantido pelo site Born to be Wild, para que não esqueça o seu lado selvagem ...

 

Em destaque:

Tubarões de ponta branca seriamente ameaçados 

 

  Questões ou comentários para: borntobewild@clix.pt

Dê o site Born to be Wild a conhecer a um amigo!!

 

A população de tubarões de ponta branca Carcharhinidae longimanus, em tempo uma das espécies mais abundantes de tubarões tropicais, sofreu um declínio drástico de 99% desde os anos 50 do século passado, estando praticamente extinta no Golfo do México, revela um estudo agora publicado. 

O estudo que pode ser lido no Ecology Letters, culpa a pesca intensiva pela situação que os tubarões enfrentam e exige novas restrições a esta actividade, mas as entidades oficiais americanas já contestaram o seu fundamento e pediram novas avaliações. 

O biólogos Julia K. Baum e Ransom A. Myers basearam a sua pesquisa na comparação de dados recolhidos pelo governo americano nos anos 50 do século passado e em dados recolhidos por observadores treinados a bordo de barcos de pesca nos anos 90 do século passado. 

Os tubarões de ponta branca não estão extintos mas virtualmente não existem, o que requer uma redução drástica do esforço de pesca na zona, explica Myers, professor na Universidade de Dalhousie University em Halifax. 

Para além do tubarão de ponta branca, o estudo também revelou quedas no efectivo de duas outras espécies do Golfo do México, o tubarão de seda, cuja redução é da ordem de 90%, e o tubarão mako, cuja redução alcança os 70%. 

No entanto, os agentes das pescas federais põem em causa estas descobertas, referindo que os tubarões de seda e mako podem ser encontrados mais próximo da costa do que a zona em que o estudo foi realizado. 

Chris Rogers, gestor de pescas do National Marine Fisheries Service, refere também que a comparação de dados de 1950 e 1990 pode ser enganadora, em parte porque os tubarões estudados são altamente migratórios e as suas populações exibem flutuações grandes. 

 

Em Maio de 2003, Myers já tinha publicado um estudo na revista Nature, onde relatava um declínio de 90% nos peixes predadores de grande porte em apenas 50 anos. Esse estudo tinha sido recebido com igual cepticismo pelos pescadores comerciais. 

Os defensores das pescas americanas contestam o estudo como um todo, dizendo que os seus autores não souberam reconhecer as alterações da tecnologia pesqueira dos últimos 20 anos, que terá reduzido drasticamente a quantidade de tubarões apanhados acidentalmente na pesca de atum ou outros peixes. 

O estudo não é ciência, é apenas especulação, diz Nelson Beiderman, director executivo da Blue Water Fishermen's Association. No entanto, Myers refere que já outros estudos comprovaram que a alteração das técnicas pesqueiras não tiveram impacto nas capturas secundárias de tubarões. Refere, ainda, que os pescadores dos anos 50 do século XX relatavam que os pontas brancas estavam em todo o lado no mar aberto do Golfo, mas agora raramente são vistos. 

 

Saber mais:

Description Oceanic Whitetip Shark

whitetip reef shark

 

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja receber o boletim Born to be Wild clique aqui!!

Respeitar os animais é respeitarmo-nos a nós próprios!

@ Born to be Wild, 2004


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com