2007-11-27

Subject: Cria de tigre do sul da China nasce em África

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the Wild

Este boletim é mantido por simbiotica.org, a Rede Simbiótica de Biologia e Conservação da Natureza

Mantenha-se informado das últimas novidades e troque ideias com todos os que fazem parte desta imensa rede!

 

Em destaque:

Cria de tigre do sul da China nasce em África

 

  Questões ou comentários para: webmaster@simbiotica.org

Dê a rede simbiotica.org a conhecer a um amigo!!

Uma bola de pelo com apenas 1 Kg, ainda por baptizar, pode ser a melhor esperança até agora de salvar o criticamente ameaçado tigre do sul da China. Isso assumindo, claro, que a cria macho, nascida numa reserva sul-africana, possa um dia ajustar-se às selvas chinesas.

O nascimento marca a primeira vez que um tigre do sul da China nasceu num ambiente semi-natural, um ambiente que alguns esperam possa aumentar as hipóteses do animal sobreviver depois de libertado na natureza.

A cria vai receber atenção extra, incluindo alimentação a biberão, mas vai-lhe ser permitido percorrer o parque com 150 acres e aprender a caçar antílopes selvagens com a sua mãe, no espaço de alguns meses.

As 'quintas' chinesas são adeptas de criar grandes felinos: criaram mais de 5 mil tigres da Sibéria mas apenas 63 tigres do sul da China permanecem em zoos e são tão endocruzados que mesmo os pandas de cativeiro têm melhor sorte a reproduzir-se. Já passaram mais de 2 anos desde que o último tigre do sul da China nasceu em cativeiro, ao mesmo tempo que se estima que restem menos de 10 animais na natureza.

Li Quan, antiga trabalhadora da moda e agora conservacionista, espera libertar esta cria, bem como outras que nasçam dos seus 4 tigres adultos, em duas reservas chinesas. A sua libertação pode ser já no próximo Verão, coincidindo com as Olimpíadas de Pequim.

A maioria dos conservacionistas não estão tão convencidos acerca da campanha de reintrodução de Li. Alguns pensam que os seus US$10 milhões teriam sido melhor gastos na melhoria do habitat natural dos tigres, em vez do programa de procriação. 

Um projecto alternativo planeia libertar os tigres da Indochina, quase iguais geneticamente aos do sul da China, o que muitos pensam terá mais impacto na elevação do efectivo dos tigres.

Os verdadeiramente pessimistas pensam que a reinstalação de uma população saudável de tigres selvagens na China é uma utopia. “Eles estão praticamente extintos", diz Liu Yutang, zoólogo da Northeast Forestry University de Harbin. “Já é demasiado tarde para salvar os tigres do sul da China."

 

O nascimento em África vem no seguimento de alegados avistamentos de um tigre selvagem no mês passado, numa região remota da província de Shaanxi. Um agricultor apresentou uma fotografia que parecia indicar que bolsas isoladas de tigres selvagens podiam ainda existir, apesar da população ter sido declarada funcionalmente extinta em 2002. As notícias pareceram estimular o governo chinês a redobrar os seus esforços para salvar os tigres.

Mas rumores e acusações começaram logo a surgir na blogosfera chinesa, alegando que a foto e o avistamento eram falsos. Os críticos argumentaram que as riscas não se adequavam a um tigre do sul da China ou que a vegetação indicava que o animal era demasiado pequeno. Há duas semanas surgiram evidências de que o tigre da foto era suspeitosamente parecido com um poster do Ano Novo Chinês popularizado há alguns anos. "As fotos são consideradas uma falsificação pelo público chinês e mesmo por muitos funcionários governamentais", diz Li.

O governo local tem defendido a autenticidade da foto e tenciona realizar um censo da região este Inverno, que pode terminar o debate de vez.

"Se existem vários tigres vivos por aí isso seria maravilhoso", diz Ron Tilson, director de conservação do Minnesota Zoo de Minneapolis. “Seria, obviamente, o local para começar um programa de recuperação." Tilson tem um programa diferente, que tem como objectivo reintroduzir uma subespécie de tigre completamente diferente, ainda que quase não se distinga do tigre do sul da China. O tigre da Indochina provém do sudeste asiático, onde se pensa que existam mais de mil animais na natureza.

Tilson tenciona introduzir 15 tigres em 3 reservas ao longo da próxima década, logo ambos os programas podem decorrer em simultâneo. 

 

 

Saber mais:

Raro tigre da China avistado na natureza

Será este o fim da fábula do tigre chinês?

Tempo escasseia para os tigres

Tigre salvo dos caçadores furtivos

 

Comentar

Busca Imprimir  

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

@ simbiotica.org, 2007


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com