2007-11-02

Subject: 'Lémures voadores' são os parentes mais próximos dos primatas

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the Wild

Este boletim é mantido por simbiotica.org, a Rede Simbiótica de Biologia e Conservação da Natureza

Mantenha-se informado das últimas novidades e troque ideias com todos os que fazem parte desta imensa rede!

 

Em destaque:

'Lémures voadores' são os parentes mais próximos dos primatas

 

  Questões ou comentários para: webmaster@simbiotica.org

Dê a rede simbiotica.org a conhecer a um amigo!!

Com as suas 'asas' e olhos de assombração, parecem algo saído de um livro de quadradinhos do que de um livro de zoologia mas um estudo evolutivo mostra que os colugos são os parentes vivos mais próximos dos primatas.

Os colugos, baptizados de 'lémures voadores' ainda que não sejam capazes de voar e não tenham nada a ver com os lémures, podem parecer um candidato muito pouco provável para o parente mais próximo dos primatas mas os geneticistas evolutivos descobriram que estamos mais fortemente relacionados com estes animais parecidos com esquilos e que vivem nas árvores do que com qualquer outro mamífero não primata.

Uma equipa de investigadores liderada por William Murphy, da Universidade do Texas A&M em College Station, comparou o DNA de dezenas de espécies, incluindo primatas, colugos, roedores e outros mamíferos, em busca de alterações genéticas que revelassem quando os grupos tinham divergido durante a evolução.

Evidências da inserção ou deleção de sequências genéticas específicas em cada espécie ajudou a construir uma árvore evolutiva rigorosa. Como a equipa relata na última edição da revista Science, os colugos emergiram como o grupo não primata mais recente a divergir da nossa linhagem, o que terá acontecido há cerca de 86 milhões de anos.

Os biólogos evolucionistas já sabiam de antes que tanto os arganazes das árvores como os colugos tinham divergido da linhagem humana por volta dessa altura mas não sabiam qual dos dois grupos estava mais próximo de nós. "Era difícil separá-los", diz Murphy.

O trabalho desta equipa demonstra que os colugos divergiram cerca de um milhão de anos depois dos arganazes.

Nessa época, todos os mamíferos terrestres seriam bastante pequenos, insectívoros do tipo arganaz, diz Murphy, o reino Animal ainda era dominado pelos dinossauros. Só depois do desaparecimento dos dinossauros, há cerca de 65 milhões de anos, é que os mamíferos começaram realmente a diversificar-se em formas e tamanhos, tal como vemos hoje.

 

Actualmente, os colugos são representados por apenas duas espécies, pertencentes a dois géneros diferentes: Cynocephalus, que vive nas Filipinas e está listada 'vulnerável' pela IUCN e o Galeopterus, com uma distribuição mais generalizada através do sudeste asiático.

Os verdadeiros lémures, a quem os colugos roubaram a alcunha de 'lémures voadores', são primatas, tal como os macacos, os grandes símios e nós próprios.

Então, de que forma é que os colugos acabaram com uma alcunha tão confusa? "Provavelmente porque eles planam, não voam realmente, e têm um aspecto vagamente fofo, como um lémure", diz Murphy.

O animal, que não é propriamente famoso na actualidade, pode muito rapidamente aparecer na ribalta em resultado do seu lugar na árvore evolutiva. Murphy está a apelar para o colugo ser incluído na lista de animais, juntamente com outras 30 espécies de mamíferos, que vão ter o seu genoma sequenciado.

Um mapa genético completo dos colugos pode vir a ser uma ferramenta muito útil aos investigadores, como termo de comparação para as diferentes espécies de primatas. Pode também ajudar, considera Murphy, a deduzir qual seria o aspecto do primeiro verdadeiro primata. 

 

 

Saber mais:

IUCN - Lista Vermelha das Espécies Ameaçadas

Análises genéticas revelam três novas espécies de lémure em Madagáscar

 

Comentar

Busca Imprimir  

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

@ simbiotica.org, 2007


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com