2007-10-07

Subject: Cães ajudam a farejar genes

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the Wild

Este boletim é mantido por simbiotica.org, a Rede Simbiótica de Biologia e Conservação da Natureza

Mantenha-se informado das últimas novidades e troque ideias com todos os que fazem parte desta imensa rede!

 

Em destaque:

Cães ajudam a farejar genes

 

  Questões ou comentários para: webmaster@simbiotica.org

Dê a rede simbiotica.org a conhecer a um amigo!!

O melhor amigo do Homem está rapidamente a tornar-se também o melhor amigo do geneticista.

Os investigadores cumpriram a promessa feita a quando da sequênciação do genoma do cão: vai passar a ser uma forma rápida de descobrir os genes responsáveis pelas características físicas usando apenas uma dúzia de cachorros e um chip genético.

Kerstin Lindblad-Toh, do Broad Institute de Harvard e do Massachusetts Institute of Technology em Cambridge, Massachusetts, criou um método para localizar os genes responsáveis por características específicas que exige apenas 10 animais com a característica e outros 10 sem ela, desde que sejam todos da mesma raça.

A equipa também identificou os genes que que dão à raça dos Ridgeback da Rodésia a sua característica 'crista' no lombo mas que também a predispõe os cães a desenvolverem uma doença incapacitante do desenvolvimento conhecida por seio dermóide. Estes feitos já tinham sido previstos quando a equipa de Lindblad-Toh sequenciou o genoma do cão mas é a primeira vez que são realmente alcançados.

A técnica explora a história evolutiva única dos cães, que o Homem domesticou a partir de lobos cinzentos há 15 a 100 mil anos. Ao longo dos séculos o Homem criou cães, seleccionando características como o tamanho ou a capacidade para cuidar dos rebanhos. 

A maioria das 400 raças actuais descendem de apenas um punhado de cães. O resultado: longos trechos de semelhança genética entre os cães da mesma raça, o que permite aos geneticistas detectar pequenas diferenças com facilidade. “Temos aqui o modelo genético perfeito", diz Leif Andersson, biólogo da Universidade de Ciências Agrícolas da Suécia em Uppsala, co-autor do projecto.

Usando um chip genético que analisou cerca de 27 mil diferenças ao longo de todo o genoma do cão, a equipa identificou uma região de 750 mil pares de bases no genoma do Ridgeback da Rodésia que causava a diferença entre os cães com e sem 'crista' no lombo. A versão 'sem crista' representa apenas 5% dos Ridgebacks porque os criadores têm feito uma selecção positiva para a crista.

Para identificar os genes específicos, a equipa virou-se os Ridgebacks da Tailândia, que apresentam a mesma característica no lombo sem que sejam aparentados de perto com os da Rodésia. Ao comparar o mesmo segmento de DNA entre as duas raças, a equipa descobriu o 'culpado': cópias extra de quatro genes envolvidos no desenvolvimento fetal.

 

A descoberta ajuda a explicar a prevalência de seios dermóides nestes cães. Este doloroso problema de desenvolvimento, responsável pela não separação da ectoderme (que originará a pele) do cordão nervoso, afecta perto de um décimo dos Ridgebacks da Rodésia, diz Claire Wade, uma geneticista membro da equipa do Broad Institute. “É frequente os animais terem que ser abatidos."

Os cães que não apresentam a duplicação dos genes não têm 'crista' no lombo, enquanto aqueles que têm uma cópia têm uma 'crista' normal. Os que têm duas cópias também têm 80% de probabilidade de desenvolver seio dermóide.

O mecanismo agora descoberto abre caminho para os geneticistas utilizarem o genoma do cão para ajudar a identificar genes envolvidos em doenças como a diabetes, que também afecta o Homem. 

 

 

Saber mais:

Dog Genome Resources

Entregue o DNA do seu cão

"Aqui Rex" faz os cães abanarem a cauda para a direita

Cães farejam cancro na respiração dos pacientes

Revelada a história familiar dos cães

Cães podem ajudar a entender o genoma humano

 

Comentar

Busca Imprimir  

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

@ simbiotica.org, 2007


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com