2007-08-17

Subject: Os corvos mais inteligentes optam por duas ferramentas

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the Wild

Este boletim é mantido por simbiotica.org, a Rede Simbiótica de Biologia e Conservação da Natureza

Mantenha-se informado das últimas novidades e troque ideias com todos os que fazem parte desta imensa rede!

 

Em destaque:

Os corvos mais inteligentes optam por duas ferramentas

 

Questões ou comentários para: webmaster@simbiotica.org

Dê a rede simbiotica.org a conhecer a um amigo!!

Os corvos mostraram que duas ferramentas são melhores que uma quando se trata de resolver um problema, dizem os cientistas.

Um estudo da Universidade de Auckland revelou que os corvos da Nova Caledónia conseguem utilizar diferentes ferramentas em sucessão rápida de forma a recuperar uma guloseima que esteja fora do alcance.

As aves utilizaram um tipo de raciocínio que geralmente se encontra nos grandes primatas e no Homem, relata a equipa de investigadores neozelandeses na última edição da revista Current Biology.

Os corvos da Nova Caledónia são famosos pela sua habilidade no manuseio de ferramentas. As aves, Corvus moneduloides, vivem na ilha do Pacífico sul da Nova Caledónia e usam o bico para fabricar ganchos a partir de paus e para cortar folhas de palmeira em forma de arpões, com os quais extraem larvas e insectos de fendas.

Para testar ainda melhor o talento de utilização de ferramentas dos corvos, os cientistas colocaram uma tarefa complicada perante sete aves selvagens, com as seguintes condições: uma tira de carne colocada fora do alcance numa caixa, um pequeno ramo, demasiado pequeno para alcançar a comida e outro ramo, suficientemente longo para alcançar a comida mas fechado e fora do alcance do bico noutra caixa.

As aves surpreenderam os cientistas com o seu raciocínio rápido.

Alex Taylor, o principal autor do estudo, diz: "O pensamento criativo dos corvos foi a utilização do pauzinho curto para obter a ferramenta mais longa da caixa, de modo a, depois, a usarem para obter a carne."

Russell Gray, outro autor do estudo, acrescenta: "E o mais espantos é que a maioria o fez logo à primeira. A primeira vez que lhes colocámos o problema, seis de sete corvos tentaram logo fazer a sequência correcta: agarraram a ferramenta curta e tentaram chegar à ferramenta longa, o que era bastante difícil da forma como a tínhamos colocado, e quatro dos seis conseguiram alcançar a ferramenta longa e usaram-na para obter a comida."

Noutra experiência, as posições dos pauzinhos curtos e longos foram invertidas.

A equipa revelou que todos, excepto um, os corvos tentaram brevemente usar o pau longo para alcançar o curto antes de rapidamente corrigirem o seu erro e usarem o longo para aceder à comida.

Os cientistas dizem que o desempenho dos corvos era comparável ao dos grandes primatas em experiências semelhantes. A equipa acredita que por a aves terem sido capazes de resolver o problema à primeira se pode concluir que estão a usar um raciocínio analítico e não uma série de tentativas e erros. O raciocínio analítico é o processo de resolver um problema usando a experiência ganha a resolver outros problemas semelhantes.

Gray diz: "As aves estavam a fazer uma analogia, em vez de usarem uma ferramenta para alcançar a comida, eles usaram uma ferramenta para obter outra ferramenta para obter a comida."

Este tipo de raciocínio, acrescenta Gray, era vulgarmente observado em humanos e em grandes primatas. "Pode explicar porque motivo os corvos da Nova Caledónia, de todas as espécies de corvos no mundo, são os únicos a fazer uso rotineiro de ferramentas. É um mistério porque esta espécie, numa ilha no meio do Pacífico sul, pode faze-lo e não tenho resposta para isso." 

 

Saber mais:

Vídeo do corvo mais esperto

Corvos da Nova Caledónia

Corvos no topo da escala de QI das aves

Corvos mudam de lado para usar ferramentas

 

Comentar

Busca Imprimir

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

@ simbiotica.org, 2007


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com