2007-07-31

Subject: Cresce preocupação com as 'execuções' de gorilas

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the Wild

Este boletim é mantido por simbiotica.org, a Rede Simbiótica de Biologia e Conservação da Natureza

Mantenha-se informado das últimas novidades e troque ideias com todos os que fazem parte desta imensa rede!

 

Em destaque:

Cresce preocupação com as 'execuções' de gorilas

 

  Questões ou comentários para: webmaster@simbiotica.org

Dê a rede simbiotica.org a conhecer a um amigo!!

Os conservacionistas expressaram preocupação com as mortes "trágicas e sem sentido" de quatro gorilas de montanha na Republica Democrática do Congo.

Os corpos de três fêmeas e um macho foram descobertos no início desta semana por guardas florestais no Parque Nacional de Virunga. Os guardas referiram que as "execuções" não foram acção de caçadores furtivos senão os corpos teriam sido levados.

Desde Janeiro, sete gorilas de montanha da região foram abatidos e os seus corpos deixados a apodrecer na região.

"Esta é uma perda trágica e sem sentido de alguns dos animais mais amados e ameaçados do mundo", diz Deo Kujirakwinja, responsável pelo programa para o Congo da Wildlife Conservation Society (WCS). "Esta área tem que ser imediatamente tornada segura ou arriscamo-nos a perder toda a população destes animais", acrescenta ele.

Os quatro animais pertenciam a um grupo de doze gorilas, conhecido pelos investigadores como a família Rugendo, frequentemente visitada pelos turistas.

Dado que os caçadores furtivos teriam vendido os corpos para carne ou como troféus, os conservacionistas pensam que os gorilas foram mortos por um grupo que está a tentar assustar os guardas florestais de forma a afastá-los do parque.

 

O WCS disse que a área protegida estava a sofrer uma pressão cada vez maior da "exploração externa", incluindo por parte do comércio de carvão vegetal.

"Seja qual for o motivo por trás desta tragédia, os gorilas são peões indefesos de uma feudo entre humanos", diz Mark Rose, chefe executivo da Fauna and Flora International.

"Estamos profundamente preocupados com estes incidentes, que se seguem a mais de 20 anos de colaboração bem sucedida na conservação dos gorilas da montanha."

Um censo realizado em 2004 estimou que 380 gorilas, mais de metade da população mundial, viviam no parque nacional e na região envolvente dos vulcões Virunga.

As últimas mortes aumentam o número de animais abatidos na zona para sete. No início deste ano, dois machos dorso prateado de gorilas da montanha foram abatidos a tiro na mesma zona do parque e uma fêmea já tinha sido morta em Maio. 

 

 

Saber mais:

WCS

WWF

Fauna and Flora International

 

Comentar

Busca Imprimir  

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

@ simbiotica.org, 2007


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com