2007-07-16

Subject: Este chimpanzé está feito para andar ...

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the Wild

Este boletim é mantido por simbiotica.org, a Rede Simbiótica de Biologia e Conservação da Natureza

Mantenha-se informado das últimas novidades e troque ideias com todos os que fazem parte desta imensa rede!

 

Em destaque:

Este chimpanzé está feito para andar ...

 

  Questões ou comentários para: webmaster@simbiotica.org

Dê a rede simbiotica.org a conhecer a um amigo!!

Parece que alguns chimpanzés usam menos energia a andar em duas patas do que em quatro, o que é surpreendente.

Os investigadores que descobriram esta capacidade de andar de perito de um chimpanzé dizem que esta situação pode ajudar a explicar como os primeiros humanos se adaptaram a andar erectos.

Os chimpanzés normalmente deslocam-se sobre as quatro patas, uma forma de locomoção conhecida por 'knucklewalk' (andar sobre os nós dos dedos), diz David Raichlen, da Universidade do Arizona em Tucson. 

"Mas também são capazes de andar em duas patas, como quando estão a transportar coisas, a tentar alcançar frutos e coisas assim."

Raichlen treinou cinco chimpanzés adultos a andar sobre uma passadeira usando os dois tipos de locomoção e também pediu a quatro pessoas que usassem a passadeira a várias velocidades. Os investigadores mediram a quantidade de oxigénio usada em cada caso.

Como seria de esperar, os chimpanzés eram significativamente menos eficientes a andar que os humanos, usando até 75% mais energia, fosse a andar em duas patas ou em quatro. Este facto deve-se a que os humanos andam sobre pernas relativamente direitas, logo podem impulsionar-se balançando os seus apêndices com um mínimo de músculo.

Os chimpanzés, por seu lado, geralmente andam com os joelhos e ancas flectidos, mas a sua performance variou significativamente.

 

Três deles consideraram o bipedismo um esforço grande, queimando cerca de mais um terço de energia do que quando andavam em quatro patas mas um chimpanzé, de nome Lucy, andava erecta de forma surpreendentemente fácil, até mesmo mais facilmente do que em knucklewalking. "Ela nada com os joelhos e a anca mais esticados", explica Raichlen.

Os primeiros hominídeos evoluíram em África há cerca de 6 a 8 milhões de anos e pensa-se que tenham começado a andar erectos rapidamente. Porque o terão feito não é claro e muitas ideias têm sido avançadas.

A teoria preferida de Raichlen considera que o bipedismo evoluiu por ser uma forma mais eficiente do ponto de vista energético de deslocação entre áreas com árvores e alimento, à medida que o clima se alterou e a floresta regrediu.

Raichlen salienta que a mesma variação existia nos nossos antepassados tipo macaco, como actualmente nos chimpanzés, havendo alguns que conseguiam andar com mais facilidade que outros, conduzindo a uma adaptação. "Foi sobre essa variação que a selecção natural trabalhou", diz ele. 

 

 

Saber mais:

Será este um mundo 'chimpanzé ajuda chimpanzé'?

Recusado guardião legal a chimpanzé

Chimpanzés lideram a corrida evolutiva

 

Comentar

Busca Imprimir  

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

@ simbiotica.org, 2007


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com