2007-04-09

Subject: Alterações climáticas revelam-se produtivas para os fungos ingleses

 

Bem-vindo(a) a mais uma edição do boletim informativo  News of the Wild

Este boletim é mantido por simbiotica.org, a Rede Simbiótica de Biologia e Conservação da Natureza

Mantenha-se informado das últimas novidades e troque ideias com todos os que fazem parte desta imensa rede!

 

Em destaque:

Alterações climáticas revelam-se produtivas para os fungos ingleses

 

  Questões ou comentários para: webmaster@simbiotica.org

Dê a rede simbiotica.org a conhecer a um amigo!!

Um espantoso projecto de investigação de pai e filho revelou de que forma a subida das temperaturas está a afectar os fungos do sul de Inglaterra.

O entusiasta de fungos Edward Gange somou 52 mil observações de cogumelos e outros fungos durante os seus passeios em redor de Salisbury ao longo de um período de 50 anos.

A análise feita pelo seu filho Alan, publicada na última edição da revista Science, mostra que alguns fungos começaram a frutificar duas vezes por ano. 

Este é um dos primeiros estudos a mostrar o impacto biológico do aquecimento que se verifica no Outono. "O meu pai era mação e o seu passatempo preferido era a micologia", conta Alan Gange, professor de ecologia da Royal Holloway na Universidade de Londres.

"Durante 50 anos da sua vida, ele saiu e registou o surgimento dos cogumelos em redor de Salisbury, e conseguiu mesmo que os seus amigos do grupo de história natural recolhessem amostras que descobriam durante os seus passeios. Quando se aposentou, comprou um computador e aprendeu sozinho a utilizar o Excel, e escreveu todos os 52 mil registos."

Agora, Gange sénior tem o seu entusiasmo e diligência recompensados como autor de um artigo numa das duas revistas mais eminentes no mundo da ciência. "Estou no topo do mundo, nem consigo acreditar ainda", diz ele.

Os registos incluem observações de 315 espécies de cogumelos que frutificam no Outono. Uma das alterações que Gange confirmou foi que o período de frutificação outonal está mais alargado. Alguns cogumelos surgem cada vez mais cedo todos os anos, outros mais tarde, o que ele considera ser uma resposta à subida de temperatura e de precipitação.

 

Mais espectacularmente, descobriu que mais de um terço das espécies registadas começaram a frutificar duas vezes por ano, o que era inaudito antes de 1976. Desde então 120 espécies revelam uma época de frutificação adicional na Primavera.

"Analisei os dados sobre as temperaturas médias de Fevereiro no sul de Inglaterra durante as décadas de 50 e era de cerca de 3,5ºC", diz ele. "Na actual década a temperatura é de cerca de 5,2ºC. Costumávamos ter dias e noites frias em Fevereiro, logo os fungos estavam em dormência."

Nos anos mais recentes um número significativo de estudos revelou alterações no comportamento das espécies na Primavera, aparentemente devido às alterações climáticas, com as estações de crescimento a começar mais cedo e os animais a nascer em meses anteriormente demasiado frios.

Este foi um dos primeiros estudos a mostrar o mesmo paralelo no Outono.

Após mais de 50 anos de observação do mundo natural, Edward Gange está convencido que o clima está realmente a mudar, pelo menos num raio de 30 Km em volta de Salisbury, ainda que ele atribua o aquecimento a ciclos naturais e não à produção humana de gases de efeito de estufa.

"Quando era rapazinho, era garantido que alguns insectos não sobreviviam ao Inverno mas vi-os a 19 de Janeiro deste ano, o que é uma alteração espantosa e não é a única."

 

 

Saber mais:

Science

Royal Holloway

 

 

Comentar esta notícia           Imprimir

 

Recebeu este boletim através de um amigo??

Faça a sua própria subscrição aqui!!

Se não deseja voltar a receber o boletim News of the Wild clique aqui!!

@ simbiotica.org, 2007


Return to Archives

Newsletter service by YourWebApps.com